Por: A Vida Acontece em Gerúndio
Visualizações: 2133

A pegadinha do malandro do “eu mereço”

11/10/2014

VG_eumereco.png

 

Do clique inicial até o "pronto" foi ano e meio, ou um pouco mais. Foi tempo suficiente para me preparar para o que sabia que viria cedo ou tarde. Quando saí do primeiro emprego em Florianópolis para novos rumos tinha noção do quebra financeiro que sofreria. Seria obrigada a planejar direitinho e a me reeducar. Nem que fosse na marra. Sabe aquele negócio de que quanto mais você ganha mais você gasta? Por mais muquirana que você seja, isso acontece. Além do mais, ganhar bem exige tempo demais de dedicação ao trabalho. E aí você precisa gastar para não ter tempo. Ter diarista ou empregada doméstica. Não ir ao mercado mais barato porque é mais longe e toma mais tempo (coisa que você não tem). Tem que se vestir bem e ter carro bom pra "sustentar" a posição. Gastar com delivery ou restaurante porque está cansada demais pra cozinhar. Quando se ganha bem, o que é mais uns trinta reais de Net para ter uns canais que você quase nunca tem tempo de assistir ou dorme quando assiste? A gente trabalha tanto, tem tão pouco tempo que entra na pegadinha do malandro do "eu mereço". Aí você gasta com médico, plano de saúde, remédios, terapeuta convencional, com terapias alternativas das mais malucas. Gasta com hidratante da Body Store ou sabonentes L'occitane como se fossem te salvar naquele banho apressado, mas regozijante. Porque precisa manter o corpo, a mente e o espírito naquele ritmo por mais que eles reclamem. "Toma éssa remédia aí e engolessechoro! Arrmuleque teimoso!". É o que a mãe apressada pro trabalho fala pro filho que quer parar para olhar as flores pisoteadas no chão da rua enquanto caminha pra escola (e ela tem que logo chegar ao trabalho). O fato é que quanto mais ganhamos em dinheiro, menos tempo temos e mais gastamos para sustentar essa estrutura. O prazer fica embaçado. Se mistura entre comprar uma calça nova que você não precisava e ter tempo para cuidar da sua micro horta que está desfalecendo ou qualquer coisa assim. Se o prazer fica embaçado...coitado do sonho de sua vida.

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

O Blog

A Vida Acontece em Gerúndio
Sou uma jornalista quase quarentona e estou mudando minha vida depois de a ter bem estruturada, carreira a mil por hora, casa própria, cachorros e papagaio. O papagaio não é verdade. Mas já tive que cuidar de uma tartaruga – o que serve para o momento. Esse blog nada mais é que uma autoterapia e, talvez, quem esteja pensando em dar uma guinada de muitos graus consiga se divertir por meio dos meus relatos e opiniões pessoais. Ou não. O fato é que estou fazendo uma mudança de vida e resolvi estar escrevendo enquanto isso estiver acontecendo porque, apesar de não ser operadora de telemarketing, a vida acontece em gerúndio. Sempre e inevitavelmente.

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.

Blogueiros & Colunistas

Voltar