Por: Mascote
Visualizações: 1874

Adestrar pra quê?

Animais - 29/06/2013

Quando temos filhos, seja de sangue ou adotados, nos preocupamos em educá -los bem, em cuidar da sua saúde, seu bem estar em geral.
Mas quando temos cães, agimos bem diferente. De jeito nenhum quero generalizar ou comparar crianças humanas com os cachorros, e aliás, essa comparação jamais deve ser feita.

Já faz algum tempo que falamos em POSSE RESPONSÁVEL, mas o que é isso? A maioria das pessoas resume a posse responsável em se ‘responsabilizar’ pelo cão para o resto da vida.

Os cães são seres vivos, e têm muitas necessidades. Já falamos aqui de passeio, de comportamento, mas ainda não falamos em ADESTRAMENTO, que na realidade é um dos principais pontos da posse responsável. A maioria das pessoas que gosta de cachorro não sabe das suas reais necessidades, de como ele pensa e como age, e acaba humanizando seus cães, sem saber que isso faz mal para eles, os tornando frustrados. Nós, humanos, nos diferenciamos das outras espécies pela nossa capacidade de falar e raciocinar, e é por isso que somos nós que devemos aprender a linguagem dos cães e não eles a nossa.

Para começar, temos que acabar com o mito de que adestramento é pro cachorro fazer gracinha, sentar, deitar, rolar etc.. Os comandos são extremamente importantes para afirmar a sua liderança em relação ao seu amigo e deixá-lo mais acessível. A liderança é o principal passo para que vocês se entendam. Nós não podemos jamais esquecer que por menor que seja o cachorro, ele ainda é um cachorro e não um bichinho de pelúcia. Existem muitos adestradores e vários métodos de trabalho, mas nenhum deles será eficiente se o o dono do cão não se interessar pela reabilitação.

É muito comum ouvirmos frases como: Meu cachorro está maluco, ele é bravo etc. Mas nunca refletimos o porque do cachorro estar assim. Nos preocupamos com a saúde física dele, o levamos ao veterinário sempre que necessário, mas esquecemos do principal: a saúde mental do nosso amigo. Acidentes acontecem devido aos problemas de comportamento, e estes problemas, na maioria das vezes, são adquiridos pelo cão devido às atitudes da família.

 

 

O ato de Adestrar  é uma forma de estabelecer uma comunicação entre o dono e seu mascote. Podemos chamar até de EDUCAR, se preferir, mas o importante é se dedicar em explicar, de forma que ele entenda, o que pode e o que não pode fazer, que tipo de comportamento você espera que ele tenha quando esta só a família ou quando recebe visitas. O ADESTRAMENTO serve justamente para isso.

Durante o adestramento, o dono aprende como os cães de forma geral se comportam, além das características específicas da raça do seu cão, e desenvolve com ele uma linguagem de comandos para facilitar a comunicação, a partir daí seu cão e você podem se entender muito melhor.

FONTE:  caocerto.wordpress.com

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

O Blog

Mascote
Autora: Paula Jabur O blog Mascote trata dos mais variados assuntos sobre animais de estimação: notícias, entrevistas, fotos, dicas, comportamento, saúde, adestramento, adoção, doação e muito mais! Protetora de animais, Paula resolveu ter o primeiro cãozinho em 2010 e, desde então, essa paixão só aumenta. Logo de cara, enxergou a necessidade de lutar pelos bichinhos!! Hoje ela abriga mais de 50 animais resgatados que viveram situação de maus tratos e abandono.

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.

Blogueiros & Colunistas

Voltar