Por: Blog do Léo Silvano
Visualizações: 1615

Essa vaga não é sua nem por um minuto!

Religião - 24/03/2014

O título se refere a uma campanha referente as vagas específicas reservadas para pessoas com necessidades especiais, mas irei pegar esse gancho para ampliar a abrangência e incluir também os idosos nesse artigo.

O Estatuto do Idoso foi instituído em 1º de outubro de 2003, através da Lei 10.741. A lei prevê que são considerados idosos aqueles com idade igual ou superior a 60 anos. Também dispõe entre diversos outros direitos e garantias a reserva especial de 5% do total de vagas de um estacionamento para os idosos.

Agora eu e você faremos uma reflexão e um exercício de memória, onde tentaremos lembrar quantas vezes vimos pessoas sem necessidades especiais ou idosos, utilizando dessas vagas garantidas por lei.
A verdade é que não é difícil lembrar dessa cena corriqueira, onde pessoas sem educação e que não respeitam primeiramente as pessoas e nem as leis, utilizam dessas vagas por serem mais próximas dos acessos e geralmente por estarem disponíveis.

Também pergunto a você, quantas vezes você viu os estabelecimentos realmente preocupados no cumprimento da legislação? No máximo fazem a pintura e a colocação das placas. Seus vigilantes não dão atenção especial para essas vagas e também não fazem qualquer menção, quando observam pessoas descumprindo a lei.

Existe uma grande oposição para vários direitos preferenciais que as legislações impõem, mas pouca gente tem coragem de se manifestar nesse sentido. Um pequeno exemplo é que veladamente dizem, que os aposentados deveriam esperar no banco como os outros, por terem mais tempo livre.

O grande cerne da questão é a falta de bom senso e respeito por parte dos cidadãos, e incluo nesses os que possuem também os direitos garantidos por lei. Se fôssemos uma sociedade evoluída não haveria a necessidade de tanta legislação, porque seria automática a cedência do espaço para idosos, deficientes, grávidas, etc....

Enquanto continuamos a inchar a nossa legislação, com leis e mais leis, punições, direitos à determinados grupos, trabalhamos sempre atrás do problemas e de maneira reativa. Devemos pensar a sociedade como um todo e agir de maneira pró ativa, antecipando e pensando em conjunto com todas pessoas, devendo utilizar o mínimo possível de legislação específica e sim inserir todos num contexto social comum.

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

O Blog

Blog do Léo Silvano
Sem rodeios e direto ao ponto, mas com responsabilidade. Trazendo para a linguagem popular os assuntos da nossa sociedade. Leonardo Silvano, possui 17 anos de experiência ligado ao setor político e é conhecido por sempre se posicionar em todos os assuntos. O Blog do Léo Silvano, fala de tudo um pouco e procura principalmente despertar o senso de responsabilidade de cada cidadão. Possui um foco maior na cobrança e análises das ações do Poder Público, mas jamais se furta de tecer comentários sobre o que também está na boca do povo.

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.

Blogueiros & Colunistas

Voltar