Por: Tudo Sobre Cerveja
Visualizações: 4534

História da Cerveja II

02/09/2013

       Na idade média a cerveja era feita pelos monges, que usavam ervas para aromatizá-la, e isto a deixava levementa adocicada.  Até que eles começaram a adicionar uma florzinha, o Lúpulo, para dar o amargor que conhecemos. Na verdade o Lúpulo tem a grande função de comandar o Aroma e o Sabor da Cerveja. Por isto que os suquinhos de milho que são vendidos pela grandes cervejarias não tem gosto diferenciado, presente, e muito menos aroma.

       Mas no século XVIII tudo mudou: até então todas as cervejas eram do tipo ALE - turvas e encorpadas. Porém na Baviera elas eram armazenadas (durante o verão) em grutas localizadas em  lugares frios, em sua maioria em nos Alpes. Técnica que ficou conhecida como Largering (lagern em alemão = armazenar).

        Assim, devido ao frio, a cerveja sofria uma segunda fermentação no fundo do barril - onde se acumulava o fermento - ficando mais leve! Assim  surgia a cerveja Lager, que hoje é classe mais consumida no Brasil (quase 95%). Aliás, a cerveja que conhecemos como Pilsen, das grandes cervejarias multinacionais que comercializam no país, são na verdade uma variação do tipo American Lager.

       No próximo post vamos explicar como nasceu a loira gelada: a verdadeira Pilsen.

Abaixo gráficos com a divisão genérica e a classificação dos tipos que derivam destes dois grantes tipos de cerveja, ALE X LAGER.

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

O Blog

Tudo Sobre Cerveja
Autor: Gil Souza Tudo Sobre Cerveja é o seu balcão de boteco na internet. Uma mesa de bar online para que você possa conhecer um pouco mais sobre uma das bebidas mais apreciadas no planeta. Beba com moderação. O engenheiro tubaronense Gil Souza é entusiasta cervejeiro artesanal. As viagens a trabalho no início dos anos 2000 o levaram a conhecer o borbulhante mercado das cervejas artesanais californianas, as Draft Beers, como são chamadas nos EUA. A cerca de 3 anos fez um curso de produção artesanal de cerveja e nunca mais parou de criar (e beber) a sua própria cerveja, a Birra Catarina. Incentiva e colabora com o crescimento do mercado de cervejas especiais. Viva la Revolucion!

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.

Blogueiros & Colunistas

Voltar