Por: Tudo Sobre Cerveja
Visualizações: 2099

Nossa cerveja é de milho!

Ufologia - 27/11/2013

Composição da cerveja inclui mais que malte de cevada, água, lúpulo e levedura.

Uma séria pesquisa da USP e da Unicamp mostra que cervejas Brasileiras possuem 45% de milho em sua composição, que na verdade é o percentual máximo permitido pelo Governo. 

Se pudessem mais, eles colocariam mais. É o que estão reivindicando as cervejarias nacionais!

Como você é enganado: as cervejarias não são obrigadas a descrever detalhadamente todos os ingredientes existentes na cerveja e usam o termo "cereais não maltados" ao invés da especificação de cada produto que a constitui. Assim acabamos bebendo, em sua maioria, um " suco de milho".

Malte de Cevada, lúpulo, fermento e água são conhecidos pela maioria das pessoas como as matérias-primas principais para a fabricação da cerveja. Pelo menos das m elhores. Porém, o que poucos sabem é que o milho é um importante ingrediente da bebida nacional e que pode estar presente em, aproximadamente, até metade de sua composição. Para chegar a esta comprovação, uma pesquisa promovida pelo Laboratório de Ecologia Isotópica no Centro de Energia Nuclear na Agricultura (Cena) da USP, em Piracicaba, analisou 77 marcas do produto, incluindo 49 produzidas no Brasil e 28 importadas, fabricadas na Europa, Américas do Sul e do Norte e na China.

A legislação brasileira estabelece que parte da cevada pode ser substituída por adjuntos cervejeiros como milho, arroz, trigo, centeio, aveia e até sorgo. Porém, a substituição do malte de cevada não deve ultrapassar 50%. Caso outro cereal seja utilizado em maior proporção que a cevada, o produto deve ser chamado com o nome do vegetal predominante, como a cerveja de trigo, por exemplo.

Os suplementos mais utilizados são o xarope e sêmola de milho e arroz.

A pesquisa indica que do total de cervejas pesquisadas, apenas 21 utilizam somente cevada. Por outro lado, os valores isotópicos de 16 cervejas brasileiras indicam a presença de aproximadamente 50% de milho em sua composição!

A pesquisa ainda desvendou uma substancial diferença entre as cervejas comerciais (produzidas em grande escala) e as estrangeiras ou artesanais. O estudo concluiu que as marcas convencionais são compostas de uma mistura de milho e cevada, enquanto a maioria das pequenas cervejarias, que fabricam de maneira artesanal e têm uma produção limitada, parecem visar à produção de bebidas utilizando exclusivamente o malte de cevada.

Informe-se: A Reinheitsgebot (português: Lei da Pureza da Cerveja) foi uma lei promulgada pelo duque Guilherme IV da Baviera, em 23 de Abril de 1516. A lei da pureza da cerveja instituiu que a cerveja deveria ser fabricada apenas com os seguintes ingredientes: água, malte de cevada e lúpulo. A levedura de cerveja não era conhecida à época. Ele constitui um dos mais antigos decretos alimentares da Europa.

Mais informações: site http://cena.usp.br

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

O Blog

Tudo Sobre Cerveja
Autor: Gil Souza Tudo Sobre Cerveja é o seu balcão de boteco na internet. Uma mesa de bar online para que você possa conhecer um pouco mais sobre uma das bebidas mais apreciadas no planeta. Beba com moderação. O engenheiro tubaronense Gil Souza é entusiasta cervejeiro artesanal. As viagens a trabalho no início dos anos 2000 o levaram a conhecer o borbulhante mercado das cervejas artesanais californianas, as Draft Beers, como são chamadas nos EUA. A cerca de 3 anos fez um curso de produção artesanal de cerveja e nunca mais parou de criar (e beber) a sua própria cerveja, a Birra Catarina. Incentiva e colabora com o crescimento do mercado de cervejas especiais. Viva la Revolucion!

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.

Blogueiros & Colunistas

Voltar