Por: A Vida Acontece em Gerúndio
Visualizações: 1365

O tal do tic-tac

06/10/2014

Depois que passei por aquele problemita que abordei no post “o medo e eu I” alguma coisa como um relógio cuco começou a falar mais alto no meu cérebro. Nada de drama, gente. Mas, quando você entende na carne que sua vida é tão frágil, mesmo se achando a forte da batateira de Contenda, as coisas mudam. As perspectivas mudam. O tempo passa a correr diferente, a ter um valor diferente. É um tic-tac (atençã que tô buscando patrocínio ;o) ininterrupto. Você está numa reunião que não vale a pena? O barulho aumenta. Se mantem nela? Fica mais alto ainda. O tic-tac fica ensurdecedor nos momentos que não te importam. Isso deixa mais claras as coisas que não valem para seu interior. Comecei a perceber quanto de tempo que perdia na vida com coisas bestas. E aos poucos elas foram se tornando cada vez mais insuportáveis. Na verdade, quis largar muita coisa de imediato depois do meu susto. Mas eu não podia por vários motivos. Alguns deveras caros para mim como amor, família, amigos e profissão, gato, cachorro e papagaio. Outros, era a tal da história da segunda-feira que nunca chega. Ainda outros, sou libriana com ascendente em libra portanto, sempre tenho que pensar e pesar várias vezes antes de agir e decidir. Não gosto de brumas nos meus olhos. Mas quando existe um “countdown” no seu coração e você se torna consciente que o que vive é único, que sua vida é a de agora, uma só por enquanto…fica impossível se manter no que não faz muito sentido. Então, simplesmente você salta de um precipício. O que sempre te pareceu seguro não é mais. Você sabe que tudo na vida não é permanente. Então vamos lá. Vamos viver essa brincadeira de uma vez por todas.

Mais posts do autor
Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
este post

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

O Blog

A Vida Acontece em Gerúndio
Sou uma jornalista quase quarentona e estou mudando minha vida depois de a ter bem estruturada, carreira a mil por hora, casa própria, cachorros e papagaio. O papagaio não é verdade. Mas já tive que cuidar de uma tartaruga – o que serve para o momento. Esse blog nada mais é que uma autoterapia e, talvez, quem esteja pensando em dar uma guinada de muitos graus consiga se divertir por meio dos meus relatos e opiniões pessoais. Ou não. O fato é que estou fazendo uma mudança de vida e resolvi estar escrevendo enquanto isso estiver acontecendo porque, apesar de não ser operadora de telemarketing, a vida acontece em gerúndio. Sempre e inevitavelmente.

Opiniões expressas nos blogs e colunas por meio de suas publicações são de exclusiva responsabilidade do autor, não passam por qualquer controle de edição, editoração ou conteúdo e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.

Blogueiros & Colunistas

Voltar