Agricultura, Economia e Negócios, Grande Floripa, Tecnologia, Trabalho - 14 Out 2013 14:38

Após 18 recursos, indústria de fosfato ainda tenta se instalar em Anitápolis

Empresa semelhante à que provocou incêndio em São Francisco do Sul tenda desde 2009 atuar na região de Florianópolis
Por: Róbinson Gambôa
 
Após 18 recursos, indústria de fosfato ainda tenta se instalar em Anitápolis Fosfatados são usados na fabricação de adubos e fertilizantes (Foto: divulgação)

Uma empresa que atua no mesmo ramo da Global Logística, onde ocorreu o incêndio de grandes proporções em São Francisco do Sul há duas semanas, está tentando desde 2009 se instalar em Anitápolis, na Região Metropolitana de Florianópolis.

Atendendo ao pedido feito à Justiça por uma ONG, o Tribunal Regional Federal concedeu na época uma liminar impedindo a instalação da Indústria de Fosfatados Catarinense (TFC), que, assim como a co-irmã de São Francisco, também trabalha com nitrato de amônio, diofosfato de amônio e cloreto de potássio, substâncias consideradas tóxicas.

O prefeito de Anitápolis, Marco Antônio Medeiros Junior, lembrou que a legislação e fiscalização sobre a extração mineral cabe ao Governo Federal.

- Minha administração não está prevendo a chegada dessa empresa. Eu não gostaria que isso acontecesse durante o meu mandato. Enquanto isso, seguimos fazendo nosso trabalho atento às questões locais -, salientou.

De acordo com os advogados da ONG Montanha Viva, a direção da indústria já teria tentado sem sucesso derrubar a liminar com 18 recursos até agora. A IFC seria braço do grupo Bunge, de São Paulo, e também de outra empresa multinacional da Noruega.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar