Florianópolis, Geral, Polícia - 15 Abr 2015 10:37

Após cinco dias em estado grave, Coringa morre no Hospital Celso Ramos

Bandido conhecido por ter o rosto tatuado não resistiu a um tiro na cabeça
Por: Róbinson Gambôa
 
Após cinco dias em estado grave, Coringa morre no Hospital Celso Ramos Ismael tinha passagens por assalto e estupro (Foto: Divulgação)

Atualizada às 11h58min

O Instituto Médico Legal confirmou na manhã desta quarta-feira (15) a morte de Ismael Adilson Diniz, de 32 anos, conhecido como Coringa. Ele estava desde a semana passada internado em estado grave no Hospital Celso Ramos, depois de ter sido atingido por um tiro na cabeça, quando circulava pela Costeira do Pirajubaé, nas imediações do Trevo da Seta, às 22h30min de sexta-feira (10).

Diniz possuía diversas tatuagens no rosto que lembravam o personagem Coringa. Também era conhecido no mundo do crime por outros apelidos, como Mael, Palhaço e Máscara. Embaixo dos olhos, haviam marcas em formato de triângulo, feitas por inimigos dentro da cadeia para marcá-lo.

Testemunhas contaram aos policiais que ocupantes de um Sandero dispararam os tiros. Diniz foi socorrido pela PM para o Hospital, onde permaneceu até o início da noite de terça (14).

Diniz era natural de São José. Em 2002, ele estava entre os oito presos que fugiram da cela da 3ª Delegacia da Capital, localizada no Estreito. O grupo fez dois buracos para conseguir chegar na rua e escapar em direção à praia do balneário.  No entanto, Diniz foi recapturado no dia seguinte, junto com outros dois, depois que o pai de um deles chamou a Polícia.

Em 2009, ele foi preso na cidade de Medianeira, no Paraná, cinco dias após ter chegado na cidade, com dois facões e pedras de crack. Ele foi detido após cometer diversos furtos. Outra prisão ocorreu em 2007, após assaltar um homem no bairro Serrinha.

Em 2012, Diniz foi flagrado por câmeras de segurança ao roubar uma residência em São José. O crime ocorreu cinco dias após Coringa ter saído da cadeia. Por causa das tatuagens, ele foi facilmente reconhecido pelos policiais civi, que conseguiram prendê-lo no mesmo dia.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar