Cultura, Entretenimento, Eventos, Florianópolis, Social - 23 Fev 2018 23:18

Após turnê em Portugal, cantora Glaci Pacheco traz convidados ao TAC

Apresentação será na quarta (28), no Teatro Álvaro de Carvalho
Por: Direto da Redação TSF
 

Depois de uma turnê em outubro, em Portugal, a cantora e compositora Glaci Refosco volta ao Teatro Álvaro de Carvalho (TAC), em Florianópolis, mesmo palco onde no ano passado lançou Marola, seu primeiro CD autoral. O show acontece na quarta-feira (28), a parir das 20h, com diversas participações especiais. A nova roupagem une música e dança, em parceria com a coreógrafa e bailarina Silvia Bragagnolo e sua escola Domínio Artes Corporais.

Os convidados incluem ainda o cantor Mará de Nilópolis, Anna Negrello e Severo Pereira, juntamente com a escola de samba Futsamba, de São José, que fará o encerramento do show. A banda é formada por Roger Corrêa (gaita ponto), Juliano Melego (percussão), Fernando Xanxa (guitarra), Guinter Vieira (cavaco), Rodrigo Schmidt (baixo), João Pedro (percussão) e Herlene Matos (cello). A abertura terá show do Roger Corrêa Trio.

- Marola é uma junção entre diferentes estilos e influências, com um mergulho nas raízes da música brasileira e africana -, conta Glaci Pacheco, que por suas composições foi indicada ao Prêmio Nacional Profissionais da Música.

Catarinense de Porto União, Glaci é formada em Música e Arquitetura. Dos nove aos 27 anos fez aulas de piano. No Rio, estudou na reconhecida escola de música Lourenzo Fernandez. Aos 20 anos, começou a cantar. Nessa época, estudou canto lírico com o maestro Aldo Ademar Hasse, em Curitiba. Em Florianópolis, para onde se transferiu com a família e reside desde os 13 anos, estudou com Rute Gebler, Cláudia Todorov, Elaine Bognolo, Samira Hassan e atualmente com Cláudia Ondruseck. Em Floripa participou do Polyphonia Khorus e de diversos espetáculos do Vozes da Primavera, criados por Rute Gebler.

O início da carreira solo veio com experiências no jazz e na interpretação de músicas portuguesas. As viagens a diversos países, como Itália e Portugal, além do Continente Africano, contribuiu para suas pesquisas musicais, entre elas, sobre a música celta e sua presença em Portugal. A paixão pela percussão, levou a conhecer melhor também os ritmos da África e sua influência sobre a música de tantos países, em especial, do Brasil.

A autoria das letras é uma consequência de sua experiência como escritora de crônicas e poesia. Foi um poema seu publicado em 2016, por exemplo, que resultou na música Marola, que dá título ao CD e ao show.

- Busco a harmonia entre a música e a poesia -, resume Glaci, que faz questão ainda de citar a admiração por mulheres fortes da música brasileira, como Clara Nunes.

Serviço

O Que: Show Marola, com Glaci Pacheco e convidados
Quando: quarta (28), às 20h
Onde: Teatro Álvaro de Carvalho
Ingressos: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia), à venda no TAC, CIC e Teatro Pedro Ivo.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar