Florianópolis, Geral, Manezinhos pelo Mundo, Religião - 20 Nov 2017 21:38

Arcebispo de Floripa Dom Wilson Jönck recebe maior honraria catarinense

Cerimônia foi na noite desta segunda (20) na Casa do Governador
Por: Direto da Redação TSF
 
Arcebispo de Floripa Dom Wilson Jönck recebe maior honraria catarinense (Foto: Jaqueline Nocetti / Divulgação)

O arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu Jönck, recebeu na noite desta segunda-feira (20), das mãos do governador Raimundo Colombo e do vice Eduardo Pinho Moreira a Medalha do Mérito Anita Garibaldi, em cerimônia promovida na Casa d’Agronômica, na Capital. A honraria é concedida a pessoas físicas ou jurídicas, nacionais e estrangeiras, que, no campo de suas atividades, tenham contribuído direta ou indiretamente para o engrandecimento do Estado.

- O nosso arcebispo é um líder espiritual muito importante. Uma pessoa que a gente admira, se apega, se encanta e se sente seguro. Isso eu ouço dos catarinenses. A sua liderança na igreja católica e no campo espiritual sobre todos nós faz com que ele seja uma grande referência. Como é bom poder fortalecer esse potencial através da Medalha Anita Garibaldi, que é a maior condecoração de Santa Catarina -, disse Colombo.

Na ocasião, o governador entregou o decreto e o diploma alusivo à outorga da medalha do mérito. O vice entregou uma réplica da fachada da casa onde Anita Garibaldi viveu em Laguna, Sul de Santa Catarina.

- Dom Wilson tem um trabalho comunitário extremamente importante em Santa Catarina. Ele tem uma vivência internacional e contribuiu muito na evangelização, na formação das pessoas e nos bons exemplos. Essa medalha faz jus a um homem que se dedicou a fazer o bem -, destacou o Eduardo Moreira.

Para o arcebispo, receber a honraria é motivo de orgulho e também um reconhecimento pelo papel da Igreja em Santa Catarina.

- É uma homenagem a tudo que a Igreja realiza em cada cidade e por ela fazer parte da vida das pessoas. Pela posição que ocupo, acolho essa medalha como reconhecimento de tudo isso -, disse.

Nascido em Vidal Ramos no dia 10 de julho de 1951, Wilson Tadeu Jönck fez sua profissão religiosa na Congregação dos Padres do Sagrado Coração de Jesus (Dehonianos), em 2 de fevereiro de 1972. Em 17 de dezembro de 1977, foi ordenado sacerdote.

Antes disso, fez os estudos secundários no Seminário Menor São José, em Rio Negrinho, nos anos de 1963 e 1964 e, depois, na cidade de Corupá. Cursou Filosofia no Convento Sagrado Coração de Jesus na cidade de Brusque, nos anos de 1972 e 1973; e Teologia no Instituto Teológico Sagrado Coração de Jesus, em Taubaté (SP), de 1974 a 1977. Formou-se em Educação na Faculdade de Filosofia, em Varginha (MG), nos anos de 1979 a 1981. Obteve licenciatura em Psicologia mediante estudos na Universidade Gregoriana de Roma, de 1986 a 1990.

Em 11 de junho de 2003, foi nomeado bispo titular de Gemellae in Byzacena e auxiliar da Arquidiocese de São Sebastião do Rio de Janeiro. No dia 26 de maio de 2010, foi nomeado quinto bispo da Diocese de Tubarão e, em 28 de setembro de 2011, nomeado arcebispo metropolitano de Florianópolis.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar