Educação, Esportes, Florianópolis, Grande Floripa - 02 Out 2018 14:08

Atletismo da Grande Floripa comemora evolução após disputa em Fortaleza

Sete atletas competiram entre os melhores do País na sub 16
Por: Direto da Redação TSF
 
Atletismo da Grande Floripa comemora evolução após disputa em Fortaleza (Foto: Divulgação)

A equipe da UCA – União Catarinense de Atletismo que representou a Grande Florianópolis no Campeonato Brasileiro Caixa de Atletismo sub 16, disputado no último fim de semana em Fortaleza, no Ceará, voltou para casa sem medalhas e lugar no pódio, mas obteve resultados que mostram a evolução da modalidade nas categorias de base.

A equipe contou com cinco atletas de São Pedro de Alcântara e dois de Florianópolis, que enfrentaram em cada uma das provas mais de 50 adversários dos maiores clubes de atletismo do Brasil.

A participação catarinense acabou prejudicada pelo desfalque da atleta Carolina Monguilhott, que sofreu uma torção no tornozelo uma semana antes da competição e não conseguiu se recuperar a tempo. Por conta disso, a UCA também ficou fora da prova do revezamento feminino, onde era considerada uma das favoritas.

O melhor resultado foi o 5º lugar com José Matheus nos 1.000m. O garoto também ficou em 8º no 1000m com obstáculos. Com seus tempos registrados nas provas, ele se mantém respectivamente em 2º e 3º no ranking estadual catarinense.

Líder do ranking catarinense nessa prova, Lucas Antunes ficou em 7º nos 75m em Fortaleza. Outro bom resultado veio com Nicole Carvalho, que foi a 9ª nos 75m e 14ª nos 250m, melhorando sua marca pessoal e se mantendo na liderança do ranking catarinense da prova. Sua irmã Louise Carvalho foi a 31ª nos 75m e também nos 250m.

Ainda entre as meninas, Nicoly Junckes Pereira melhorou suas marcas e terminou a prova dos 1000m em 6º lugar. Nos 1000m com obstáculos, ela foi a 8º, se mantendo ainda como líder no ranking catarinense das duas provas.

Luiz Filipe não conseguiu melhorar sua marca nos 1000m mas fez uma boa prova. Igor Soares de Jesus foi o 31º nos 1000m com obstáculo. Fora do revezamento feminino por causa da contusão de Carolina, os meninos conseguiram uma boa participação com um 15º colocação final, apesar de terem apenas um velocista na equipe.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)

- A competição estava muito forte com atletas de alto nível, não conseguimos trazer medalhas mas tivemos ótimos resultados e conseguimos perceber que estamos no caminho certo. Estavam presentes os melhores clubes de atletismo com as melhores estruturas e instalações esportivas como o Centro Olímpico de São Paulo, que se consagrou hexacampeão do campeonato -, comentou a técnica Hermínia Simone.

Segundo Simone, a maior dificuldade foi a busca por apoio para gastos com alimentação e hospedagem em Fortaleza. As passagens aéreas dos seis atletas de São Pedro de Alcântara foram custeadas pela Prefeitura de São Pedro de Alcântara. As outras foram oferecidas pela Unisociesc, pela UCA e uma pela Professora Elizete Lanzoni. O grupo contou com apoio e colaboração de alguns familiares dos atletas e de lideranças comunitárias da cidade. Foram feitas algumas rifas e o custo total da viagem já está quase todo pago.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar