Bombeiros, Figueirense, Geral - 07 Abr 2017 16:03

Bombeiros concluem análise de mais de 200 projetos preventivos em Floripa

Ferramenta criada pelo CBMSC coloca em dia todas as análises de projetos que estavam atrasadas em todo estado
Por: Direto da Redação TSF
 

Esta semana foi de comemoração para o Corpo de Bombeiros de Santa Catarina. O motivo foi a conclusão da análise do último Projeto Preventivo Contra Incêndio que estava fora do prazo estabelecido em norma, de uma fila que, somente em Florianópolis, chegou a acumular mais de 200 projetos atrasados. A agilidade da conclusão das análises foi em virtude do desenvolvimento de uma ferramenta estratégica de controle, com definição de objetivos que norteou o trabalho dos analistas.

Denominada de SAT Control (Controle do Setor de Atividades Técnicas), a ferramenta solucionou os chamados gargalos na análise e devolução dos Projetos Preventivos Contra Incêndio apresentados pela comunidade, nos 14 batalhões do estado.

Desenvolvida internamente pelo Corpo de Bombeiros, o SAT Control foi implantado como piloto em Chapecó. Lá, em menos de 60 dias, todos os mais de 80 projetos em atraso no setor foram analisados e concluídos. Em virtude da eficácia apresentada, o SAT Control passou a ser instalado em todos os outros batalhões do estado

Além da agilidade no processamento das informações submetidas à análise, o SAT Control possibilitou a redução do efetivo que estava sendo empregado para fins de análise de projetos e realocação para setores mais carentes. Em muitas cidades, os atrasos eram tantos que, periodicamente, era necessário realizar mutirões de reforço de efetivo ou de forças-tarefa nos setores técnicos para agilizar as conclusões das análises dos projetos.

Com o emprego da ferramenta em todas as unidades de Bombeiro Militar será possível entregar dentro do prazo de 30 dias úteis, conforme previsão legal, todos os projetos submetidos à analise.

- O SAT Control é uma prova de que é possível sim, fazer mais e melhor. Hoje graças ao sistema e ao esforço dos usuários em executar suas atividades é possível analisar e entregar o projeto dentro do prazo estipulado em Lei, -, explica o 2° Tenente Michel Pires de Araujo

Para o Tenente Coronel Vanderlei Vanderlino Vidal, Diretor de Atividades Técnicas do Corpo de Bombeiros Militar, o SAT Control coloca um ponto final nos atrasos e acúmulos de projetos nos setores técnicos dos quartéis do estado. Este era um problema antigo que além de atrapalhar o andamento de novos projetos abarrotava os setores técnicos com os atrasos.

- Esta conquista serve inclusive, como estímulo ao desenvolvimento econômico e do estado, já que não há mais atrasos burocráticos nos serviços de análises de projetos do Corpo de Bombeiros Militar -, explica.

O que é e como funcionam os SATs

Os Setores de Atividades Técnicas- SATs do Corpo de Bombeiros Militar são responsáveis por receber dos engenheiros os Projetos Preventivos Contra Incêndios, necessários à construção de novas edificações ou funcionamento de estabelecimentos comerciais. No caso de obras construídas, quando os projetos são aprovados, os locais são vistoriados e, desde que estejam de acordo com as normas e com o projeto proposto, ocorre a liberação do Habite-se. Já no caso de funcionamento de estabelecimentos comerciais, as vitorias são anuais e resultam nos Atestados de Funcionamento, que mostram aos clientes ou frequentadores que os estabelecimentos seguem as normas técnicas de segurança de edificações e estabelecem capacidade máxima de ocupação do local.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar