Educação, Florianópolis, Geral - 21 Nov 2021 01:08

Câmera que filma a Ponte Hercílio Luz 24h por dia registra meteoro em Floripa

Foi uma das passagens mais longas de meteoro no céu do país
Por: Direto da Redação TSF
 
Câmera que filma a Ponte Hercílio Luz 24h por dia registra meteoro em Floripa (Foto: reprodução)

Por Pedro Peduzzi, da Agência Brasil.

Florianópolis está entre as oito cidades no Brasil que registraram no sábado (13) uma das passagens mais longas de um meteoro no céu do País. O fenômeno foi registrado às 19h37min, sendo visível por até 12 segundos, conforme o local. As oito câmeras distribuídas entre Floripa, São Paulo, Paraná e Rio Grande do Sul são mantidas pelo Observatório Heller & Jung e pertencem à empresa Clima ao Vivo, que presta serviços de meteorologia.

Em Floripa, o observatório mantém duas câmeras 24h por dia. A que registrou o meteoro fica próxima à cabeceira da ponte Hercílio Luz, na Ilha. Nas imagens que aparecem neste video abaixo, é possível se ver o feixo de luz deixado pelo meteoro, num movimento da esquerda para a direita, em imagem que mostra ainda parte da velha Ponte.


Além de Flolripa, a cidade catarinense de Tangará também registrou imagens do meteoro. Os demais registros foram feitos nos municípios gaúchos de Vacaria, Caxias do Sul, Bom Princípio e Taquara; nos paulistas de Cerqueira César e Sorocaba, e em câmeras localizadas em Telêmaco Borba, no Paraná.

Segundo o astrônomo e diretor da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon, na sigla em inglês), Marcelo Zurita, asteroides, meteoros e cometas orbitam o Sol em uma velocidade altíssima, entre 40 mil e 266 mil quilômetros por hora.

- Quando atingem a atmosfera da Terra nessa velocidade, mesmo fragmentos tão pequenos quanto um grão de areia são capazes de aquecer instantaneamente os gases atmosféricos, gerando um fenômeno luminoso chamado de meteoro. Então, o meteoro é apenas o fenômeno luminoso, nada mais. Meteoro não é sólido, não é líquido e nem gasoso, é apenas luz. Popularmente, o meteoro é também chamado de estrela cadente -, explica o astrônomo. Especialistas da Clima ao Vivo, Climatempo e Bramon analisam as principais imagens capturadas por câmeras de monitoramento climático e astronômico.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar