Comunidade, Florianópolis, Geral - 06 Mar 2014 14:25

Campanha da Fraternidade 2014 debaterá o tráfico de pessoas

Estima-se que mais de 20 bilhões de pessoas sejam vítimas desse crime
Por: Direto da Redação
 
Campanha da Fraternidade 2014 debaterá o tráfico de pessoas Campanha da Fraternidade 2014 engloba os 4 tipos de tráfico de pessoas (Foto: Divulgação)

Foi lançada na quarta-feira (5), a Campanha da Fraternidade 2014 da Igreja Católica, por meio da Conferência Nacional de Bispos do Brasil (CNBB). O tema da campanha deste ano, lançada no primeiro dia da Quaresma, aborda o tráfico humano. A proposta do tema veio do alarmante número de pessoas traficados no mundo, que ultrapassa a marca dos 20 milhões.

O cartaz oficial da Campanha traz quatro mãos acorrentadas, cada uma com um significado específico. A primeira (da esquerda para direita), faz alusão ao trabalho escravo. De acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT), mais de 12,3 milhões de pessoas são vítimas de trabalho forçado, sendo que dessas 2,4 milhões foram traficados.

A segunda mão representa o tráfico de órgãos. A Organização Mundial da Saúde calcula que, de todos os transplantes realizados no mundo,  5% estão diretamente relacionados com essa prática ilegal.

Representando o tráfico de mulheres para exploração sexual está a terceira mão. Essa é uma das modalidade de tráfico de pessoas mais praticadas e lucrativas do mundo, movimentando cerca de 32 bilhões de dólares por ano, segundo dados da OIT. A Associação para a Prevenção e Reinserção da Mulher Prostituída (APRAMP) contabiliza que existem pelo menos 100 rotas de aliciamento de mulheres no Brasil.

Por fim, a quarta mão é a mão de uma criança, representando o espantoso número de crianças para exploração infantil, tanto para trabalho, como para corrupção e abuso sexual. Somente no ano de 2013 no Brasil, foram feitas 186 denúncias de tráfico de menores para o Disque 100, serviço telefônico do governo federal que recebe denúncias de violações de direitos humanos. Em Florianópolis, a tentativa de sequestro de menores assusta. Nesta quinta-feira (5) já foram registradas sete tentativas de rapto.

A proposta da campanha é debater essas práticas e criar ações em defesa da dignidade humana. Apoiando o projeto está a Ordem dos Advogados do Brasil, Governo FederaL, ONGs e Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (Conic).


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar