Economia e Negócios, Geral, Grande Floripa, Trabalho - 15 Jan 2018 12:28

Canelinha: empresa gerou mais de 250 vagas de emprego nos últimos meses

Geração der trabalho movimentou a economia da cidade
Por: Direto da Redação TSF
 
Canelinha: empresa gerou mais de 250 vagas de emprego nos últimos meses Fábrica Ala calçados, em Canelinha (Foto: Divulgação)

Uma empresa recém instalada na cidade de Canelinha, na Grande Floripa, gerou 248 novas vagas de emprego entre o final do ano passado e esse início de janeiro. A empresa é a Indústria e Comércio de Calçados Ala Ltda, que, através do Programa Municipal de Emprego e Renda - Promover, gerou as 158 vagas diretas e 90 indiretas.

Segundo o diretor da empresa, Alyson Manoel Atanázio dos Santos, entre salários, horas extras, férias e 13º salário, foi pago aproximadamente R$ 950 mil, refletindo na economia local, além do faturamento de mais de R$ 10 milhões, gerando impostos para o município.

A empresa iniciou a produção em julho de 2017 com 5.122 pares e, atualmente a empresa produz em média de 60.000 a 70.000 pares. Os meses de maior produção foram outubro e novembro com 77.698 pares e 61.968 pares, respectivamente. Desde a instalação, já foram produzidos 286.437 pares de calçados, sendo exportados para países como Argentina, Panamá, Colômbia, República Dominicana, Arábia Saudita, Porto Rico e Paquistão.

A previsão é que seja ampliada a empresa, e que haja mais contratações ao longo do ano. Por outro lado, a Administração Municipal continua em busca de novas empresas a se instalarem em Canelinha através do Promover.

Conheça o PROMOVER
Em 18 de dezembro de 1990, foi criada pelo atual, e então prefeito, Moacir Montibeler, a Lei Municipal nº 1036/1990 de incentivo às empresas. Com base nesta lei, em 12 de novembro de 1991 foi concedido um terreno municipal para a empresa do ramo têxtil Buettner S.A. gerando centenas de empregos.

Em 1997, ampliando e criando novas condições para a instalação de empresas em Canelinha, surgiu então o Promover - Programa Municipal de Emprego e de Renda, que além de criar novos benefícios para atrair novas empresas e ampliar as já existentes, criou o Conselho de Desenvolvimento Econômico do Município, que é o órgão consultivo do Poder Executivo para analisar as situações e os benefícios.

Objetivando tornar o espaço que era Buettner novamente produtivo, o município desapropriou a área em 2017, e através da Lei nº 3284/2017, aprovada por unanimidade na Câmara de Vereadores, autorizou a nova doação para instalação imediata da Indústria e Comércio de Calçados Ala Ltda.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar