Figueirense, Geral, Meio Ambiente - 17 Mai 2018 18:30

Central da Defesa Civil inaugura sede na Ivo Silveira nesta sexta (18)

Governador inaugura nesta sexta-feira o Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres de Florianópolis
Por: Direto da Redação TSF
 
Central da Defesa Civil inaugura sede na Ivo Silveira nesta sexta (18) (Foto: Ascom / Divulgação)

Nesta sexta-feira (18), o governador Eduardo Pinho Moreira inaugura, às 14h, o Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd) da Capital, situado na na Avenida Ivo Silveira. A estrutura faz parte do novo sistema de proteção e defesa civil que está implantado em Santa Catarina e conta com Centro de Monitoramento e Alerta, Meteorologia, Sistema de Hidrometeorologia, Geologia, Mapeamento de Áreas de Risco, Planos de Contingência, Planos de Ações Emergenciais, Gestão de Crise e Respostas a Desastres.

A intenção da Defesa Civil é integrar os setores governamentais para o gerenciamento de crise.

- Vamos interligar todo o Estado proporcionando uma resposta mais rápida para os catarinenses -, comentou o secretário de Estado da Defesa Civil, Rodrigo Moratelli. Segundo ele, no Cigerd todas as secretarias estarão representadas e irão trabalhar de forma integrada. A ideia é reduzir os impactos na população em uma situação de eventos adversos.

O Centro é autossuficiente, funcionando mesmo sem energia elétrica, e foi preparado para manter a comunicação com as 20 regionais da Defesa Civil no Estado. No projeto foram utilizadas as maiores referências em gestão de crises e desastres do mundo. Os exemplos foram adaptados a características e necessidades de Santa Catarina.

Foram investidos para a concretização do Cigerd R$ 44 milhões, do Pacto por Santa Catarina e do Fundo Estadual de Proteção e Defesa Civil, que é destinado apenas para essa área.

(Foto: Ascom / Divulgação)(Foto: Ascom / Divulgação)

CIGERDS REGIONAIS
O Centro Integrado de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cigerd) de Florianópolis irá trabalhar de forma integrada com os 20 Cigerds Regionais. Estes centros foram distribuídos pelo Estado, levando em conta localização geográfica, população e recorrência de fenômenos da natureza. Cada Centro Regional da Defesa Civil possui 160 metros quadrados em uma estrutura feita de aço galvanizado. Todos são autossuficientes. No total, foram investidos cerca de R$ 850 mil em cada estrutura.

CENTROS DE LOGÍSTICAS

Na nova política de Defesa Civil de Santa Catarina, foi prevista a instalação de cinco Centros de Logísticas da Defesa Civil (Celog). Até o momento entraram em funcionamento os Celogs de Joaçaba e Rio do Sul. Já o da Grande Florianópolis será inaugurado junto com o Cigerd de Florianópolis. O local dos dois Celogs restantes ainda está sendo definido.

Os centros são locais para armazenar itens de assistência humanitária como colchões, kits de limpeza, dentre outros materiais utilizados no atendimento imediato aos municípios atingidos por situações adversas.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar