Economia e Negócios, Florianópolis, Geral, Grande Floripa - 28 Mai 2013 14:45

Consumidor da Capital é o que mais deve gastar no Dia dos Namorados

Valor na Capital deve ser de R$ 201,54, contra R$ 151,19 na média estadual
Por: Danilo Duarte
 
Consumidor da Capital é o que mais deve gastar no Dia dos Namorados Comércio da Capital é o que mais deve vender em todo o Estado (Foto:divulgação/CDL)

O consumidor de Florianópolis, no comparativo com o de outras grandes cidades do Estado, deve ser o menos econômico, de acordo com a pesquisa realizada pela Federação do Comércio de Santa Catarina.

Segundo a consulta, os gastos na Capital devem ser de R$ 201,54, enquanto a média do Estado é de R$151,19.

A amostra foi de 3.155 pessoas entrevistadas, no período entre os dias 20 e 22 de maio de 2013. Foram escolhidos sete municípios de Santa Catarina que melhor representam o Estado: Blumenau, Chapecó, Criciúma, Florianópolis, Joinville, Lages e Itajaí.

De acordo com a Fecomércio, o Dia dos Namorados acarreta em um forte incremento na movimentação econômica de praticamente todos os setores do comércio e figura entre as principais datas do ano para as lojas.

Veja a média de gastos em cada uma das cidades pesquisadas:

Como o florianopolitano pretende pagar pelas compras:
60,5% devem pagar à vista, em dinheiro
10,4% usando cartão de débito
13% preferem o cartão de crédito
11,3% querem parcelar a compra no cartão
3,2% planejam parcelar no crediário
0,2% usarão folhas de cheque
1,5% usarão outras formas, não sabem ou não responderam


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar