Florianópolis, Geral, Grande Floripa, Palhoça, Polícia, Política, Turismo, Verão - 22 Out 2019 12:40

Deputado quer correção das diárias de guarda-vidas na Operação Veraneio

Guarda vidas atuam nas praias de Floripa e região durante toda a temporada
Por: Direto da Redação TSF
 
Deputado quer correção das diárias de guarda-vidas na Operação Veraneio (Foto: divulgação)

Na Assembleia Legislativa de Santa catarina, o deputado Sargento Lima (PSL) tenta descobrir saber se haverá correção do valor das diárias pagas aos policiais e bombeiros militares que atuarão na Operação Veraneio 2019/2020. Ele fez o pedido oficial por meio de questionamento que a Alesc encaminhará à Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Sargento Lima pretendia colocar o tema em debate na reunião que haveria na quinta-feira (17), com ele, a associação dos praças (Aprasc) e os secretários da Fazenda, Casa Civil e Administração, agendada pelo governador Carlos Moisés. Como os secretários não marcaram o encontro, Lima está fazendo o pedido de informação pela Alesc.

As diárias estão com os valores congelados há mais de uma década em R$ 100 para soldados e cabos, R$ 110 para sargentos e subtenentes e R$ 156 para oficiais, exceto coronéis, que é quase o dobro dos demais oficiais. O dinheiro deve cobrir hospedagem e alimentação dos que atuam na Operação Veraneio.

A maioria dos militares deslocados para o litoral catarinense é do Oeste, Serra e Vale do Itajaí. Lima argumenta que os valores são insuficientes e que os guarda-vidas precisam ter condições para trabalhar.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar