Educação, Florianópolis, Geral, Tecnologia - 09 Jul 2018 16:13

Em Floripa, novas tecnologias ajudam crianças na alfabetização

Estudantes da Osmar Cunha aprendem a utilizar ferramentas e softwares para auxiliar no aprendizado em sala de aula
Por: Direto da Redação TSF
 
Em Floripa, novas tecnologias ajudam crianças na alfabetização O jogo educativo Brincando com Ariê possibilita que a criança possa identificar as letras do alfabeto de forma isolada (Foto: SME / Divulgação)

Acesso a tecnologias da informação, colocando crianças de seis a dez anos no papel de protagonistas, pesquisadores e produtores. Isso é o que a Escola Básica Municipal de Florianópolis Osmar Cunha, em Canasvieiras, busca proporcionar aos estudantes dos anos iniciais.

A professora Elaine Martins, na sala informatizada, realiza diferentes atividades para incentivar desde cedo, entre as crianças, a relação delas com o conjunto de princípios, métodos, instrumentos e processos científicos.

Para os primeiros e segundos anos, Elaine explica que o foco é  no letramento e na linguagem alfabética.

- O jogo educativo “Brincando com Ariê” possibilita que a criança possa identificar as letras do alfabeto de forma isolada e assim aprender sobre as palavras, associando a desenhos e sons -, relata a professora.

Por meio do jogo educativo “Yuki no caminho das letras”, os pequenos ainda analisam as letras do alfabeto compondo palavras e identificam a escrita delas, além de ouvir e interpretar os exercícios no computador.

Para os terceiros, quartos e quintos anos, o estímulo ao uso das multiferramentas da Google foi objetivo do primeiro trimestre. Os estudantes se depararam com a ferramenta de busca Google Chrome e as diversas maneiras de pesquisa, como textos, imagens e vídeos. Também buscaram informações abrangentes e específicas, a procurarem localizações geográficas por meio do Google Maps e traduções por meio do Google Tradutor, além de utilizarem o email institucional por meio da ferramenta Gmail.

- O uso da tecnologia melhora a interpretação das informações e possibilita a discussão de temas cotidianos, além de que a sala informatizada é um ambiente dinâmico e atraente, no qual se favorece o autodidatismo do estudante e a inclusão -, conclui a professora Elaine.

Os professores perceberam o potencial das novas tecnologias, seja como uma atividade prática no computador ou em outro recurso, observa o secretário de Educação.

- Essas ferramentas aproximam docentes e estudantes, bem como são extremamente úteis para exploração de conteúdo interativo -, diz Maurício Fernandes Pereira.

Os professores perceberam o potencial das novas tecnologias, seja como uma atividade prática no computador ou em outro recurso (Foto: SME / Divulgação)Os professores perceberam o potencial das novas tecnologias, seja como uma atividade prática no computador ou em outro recurso (Foto: SME / Divulgação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar