Cultura, Economia e Negócios, Florianópolis, Geral - 23 Jun 2020 13:45

Quarentena: empresário de Floripa fomenta o ferreomodelismo

Atividade é uma excelente opção para quem quer entreter a mente e desestressar
Por: Direto da Redação TSF
 
Quarentena: empresário de Floripa fomenta o ferreomodelismo (Foto: divulgação)

Em época de quarentena, enquanto algumas pessoas trabalham em esquema home office, uma boa parcela da população fica impossibilitada de atuar desta forma em razão da própria essência profissional. E para aproveitar o tempo ocioso neste período, muitos têm aderido a atividades prazerosas e reativado antigos hobbies, como o ferreomodelismo.

O trem elétrico é uma excelente opção para quem está na quarentena, procurando algo para entreter a mente e passar o tempo. É um hobby saudável, desestressa e ajuda neste momento tão delicado pelo qual todos estão passando.

Em Florianópolis, o empresário Julian Reciere Riquel dos Santos, 32 anos, tem aproveitado o tempo que passa em casa para fomentar o hobby do ferreomodelismo.

- Quando pequeno, brincava com um trem na casa de um amigo. Já na faculdade de Arquitetura e Urbanismo cursei a disciplina de maquetaria e juntei o gosto pelas maquetes com o saudosismo e a vontade de dividir um hobby com a minha filha, que nasceu em fevereiro deste ano, no futuro. Faço maquetes e trabalho com marcenaria há algum tempo. Sou daqueles com uma garagem cheia de ferramentas, e o ferreomodelismo começou agora, alinhado pelo fato de eu ser natural de Cruz Alta (RS), até hoje importante tronco ferroviário do sul do país. Desde pequeno acompanhava o vai e vem dos trens e me lembro de andar na linha do trem que corta a cidade para atalhar caminho entre um bairro e outro. Também recordo das histórias que meu pai contava quando pegava o trem que vinha de Porto Alegre até Santa Maria e depois de Santa Maria até Cruz Alta, subindo a serra -, ”, afirma Santos.

(Foto: divulgação)(Foto: divulgação)

Atualmente, sua coleção conta com uma locomotiva e três vagões, e Santos aplica seus conhecimentos de marcenaria e projeto na confecção do esboço de sua maquete.

- Meu pai sempre me ajudou muito na hora de confeccionar as maquetes de minha faculdade, então, de certa forma, tem dedo dele nisso tudo, e pretendo passar este hobby para minha filha -, finaliza.

O ferreomodelismo é um dos hobbies mais antigos do mundo. Por ser uma atração indoor, não está sujeita a intempéries, tem ganhado adeptos pelo Brasil e se popularizado entre os amantes de trens. Sua origem remonta ao período em que o transporte ferroviário foi adotado massivamente. As primeiras miniaturas de trens foram fabricadas por volta de 1830, por artesãos alemães. De lá para cá, muita coisa mudou, principalmente no Brasil, onde o transporte de passageiros pelas ferrovias deixou de acontecer, com exceção dos passeios turísticos. Mesmo assim, a paixão de algumas pessoas por este hobby se intensificou.

De norte a sul do Brasil, muitas pessoas têm se interessado pelos trens elétricos em miniatura, seja por pura diversão, hobby ou mesmo para preservar a memória ferroviária do país.

- Em tempos como estes, em que as famílias têm ficado em casa, é preciso arrumar algum hobby para distrair a mente. As pessoas pensam que o transporte ferroviário morreu, mas ele está vivo e em expansão. A ferrovia é de valor estratégico imprescindível para um país como o Brasil, e este crescimento ajuda a fomentar ainda a mais a paixão que muitos brasileiros têm pelos trens, sendo que muitos passam o hobby do ferreomodelismo para as futuras gerações -, diz Lucas Frateschi, diretor da Frateschi Trens Elétricos, empresa com sede em Ribeirão Preto, no interior paulista, que possui mais de 50 anos de atuação no mercado e é a única fabricante de trens elétricos em miniaturas e réplicas de composições reais na América Latina.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar