Economia e Negócios, Florianópolis, Meio Ambiente - 04 Jun 2018 11:24

Empresas no Rio Tavares celebram com boas práticas o Dia do Meio Ambiente

Atitudes simples em favor da natureza podem fazer a diferença
Por: Direto da Redação TSF
 
Empresas no Rio Tavares celebram com boas práticas o Dia do Meio Ambiente Pátio do MULTI, onde a limpeza do espaço e os jardins são irrigados com a reutilização da água da chuva. (Foto: Adriana Lafin / Apoio Comunicação)

Nesta terça (5), é celebrado no Brasil o Dia do Meio Ambiente. Há muito tempo a sociedade tem buscado alternativas para amenizar os estragos que o desenvolvimento causou na natureza e muitas delas passam pela mudança no estilo de vida das pessoas. Praticar a economia sustentável, promover o trânsito consciente e incentivar boas práticas para a melhor utilização dos recursos naturais estão entre as ações promovidas e apoiadas pelo MULTI Open Shopping, no Rio Tavares, no Sul da Ilha, em Florianópolis.

O empreendimento é o primeiro shopping a céu aberto do Sul da Ilha, com conceitos ligados ao estilo de vida dos moradores da região. Um dos bons exemplos é a Feira Noturna MULTI, que acontece uma vez por mês e tem como objetivos promover a economia sustentável, incentivar o consumo de alimentos agroecológicos e a produção familiar.

- A feira reúne no pátio do MULTI produtores com alimentos saudáveis e diferenciados e um público interessado em consumi-los. Dessa maneira,cria-se um vínculo entre quem produz e quem compra e ainda fortalece a economia local -, destaca a superintendente do open shopping, Nara Schutz.

O evento reúne cerca de 30 produtores de agroecológicos, queijos, bolachas e outros produtos caseiros. Bel Zanella, curadora da Feira Noturna MULTI, explica que eventos como este são importantes para incentivar o consumo de agroecológicos, que são alimentos cultivados sem aditivos químicos.

- Precisamos despertar nas pessoas a vontade de saber mais sobre os alimentos consumidos, criar uma relação de confiança entre produtores e consumidores -, completa a curadora da feira.

Quem também é adepto desse tipo de relação próxima com o produtor é o empresário Lucas Sandim, proprietário do restaurante Botânico, no open shopping. Para abastecer o local com frutas, legumes e verduras ele conta com produtores locais e contribui, assim, para o fortalecimento da agricultura familiar e ainda conhece melhor a origem de cada produto. Além disso, o Botânico contribui com a redução do descarte de lixo com a reutilização de canudos de vidro em vez oferecer os canudinhos de plástico, não vende garrafas descartáveis de água mineral, o cliente pede e toma água no copo de vidro. E os clientes que desejarem levar comida para casa podem trazer as próprias marmitas de plástico, vidro ou alumínio, evitando a produção de lixo.

Outro espaço que também oferece a possibilidade de levar seus próprios potinhos de plástico ou vidro é a loja Tudo em Grãos. A balança desconta o peso desses materiais e o cliente contribui com o meio ambiente, pois evita-se o descarte daqueles indesejáveis saquinhos plásticos para armazenar os produtos naturais vendidos a granel.

Canudos de vidro do restaurante Botânico (Foto: Adriana Lafin / Apoio Comunicação)Canudos de vidro do restaurante Botânico (Foto: Adriana Lafin / Apoio Comunicação)

Trânsito e moda conscientes
Muitos dos lojistas e clientes que frequentam o MULTI Open Shopping se deslocam até o local de bicicleta. O uso das bikes como meio de transporte ajuda o ambiente porque é menos poluição liberada e promoção de um trânsito mais tranquilo no entorno do open shopping. Entre os usuários do Impact Hub no MULTI e os colaboradores do Botânico, por exemplo, além do uso das bicicletas há grupos de caronas que facilitam o transporte e reduzem a quantidade de veículos circulando pela região.

Quando o assunto é moda também é possível fazer escolhas mais conscientes e que beneficiem a natureza. A MIDI Concept é uma marca de roupas 100% made in Brasil que aposta nos tecidos ecológicos. Instalada no MULTI Open Shopping ela passou a ser recentemente um ponto de venda conceito do projeto Cidades Invisíveis, que transforma a vida de crianças e famílias em risco social com a venda de camisetas exclusivas. Os trabalhos vão desde proporcionar melhores condições de moradia, construção de casas sustentáveis, até ações sociais, como “Do lixo também nascem flores”, que espalha lixeiras feitas com tonéis de óleo grafitados pelas comunidades.

Também há preocupação com a sustentabilidade. De acordo com o engenheiro civil responsável pela obra, Guilherme Oliveira, quatro caixas armazenam a água da chuva. Duas estão localizadas na cobertura e as outras duas, no subsolo. Juntas elas armazenam cerca de 11 mil toneladas de água, que são utilizadas na limpeza, irrigação dos jardins e nos vasos sanitários dos banheiros das áreas comuns do empreendimento. Uma estação própria de efluentes faz o tratamento dos resíduos antes de liberá-los na rede de esgoto.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar