Florianópolis, Geral, Trânsito - 28 Mai 2020 11:18

Empresas de ônibus já têm plano preparado para retomada do transporte

Plano sanitário para a capital catarinense e região foi divulgado à imprensa pelo Setuf, sindicato das operadoras
Por: Direto da Redação TSF
 

O Governo de Santa Catarina pode definir nesta semana a retomada do transporte coletivo no estado. Enquanto isso não ocorre, o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros da Grande Florianópolis (Setuf) já tem um plano sanitário preparado para entrar em ação assim que transporte coletivo em Florianópolis e região for retomado.

O Plano foi elaborado pelo Grupo Gestor Consórcio Fênix, empresa responsável pelo transporte público na Capital. O documento, divulgado à imprensa, será colocado em prática assim que houver o anúncio tanto do governo estadual, quanto da prefeitura, que tem sido mais reticente quanto ao assunto.

O documento estabelece os procedimentos sanitários para as equipes envolvidas na prevenção da disseminação da COVID-19 em vários itens, como higienização da frota operante ao longo do serviço e da operante após o serviço, boas práticas operacionais para as equipes embarcadas, comunicação conscientização do passageiro e equipes e procedimentos em caso de colaboradores com sintomas gripais suspeitos da COVID-19.  Também está previsto o controle de ocupação dos ônibus, bilheterias de venda de passagens e recarga de cartões.

Pelo descritivo do plano de 35 páginas, equipes das empresas de ônibus estarão nos terminais de integração (quando disponível) ou em pontos de início ou fim de serviço (nos casos de operação sem passagem por terminal), realizando higienização da frota, ao longo do dia de operação.

Os veículos serão higienizados a cada operação, além da obrigatoriedade do uso de máscaras para todos. Nos terminais serão instaladas pias com água e sabão. Dentro dos ônibus já estão instalados dispensers de álcool gel.

Para minimiza o risco de aglomerações, o documento do Setuf explica que a lotação do ônibus poderá exceder a quantidade máxima de passageiros sentados, mas o número de passageiros em pé evitará que as pessoas se encostem umas nas outras durante o trajeto.

O motorista poderá decidir não parar mais em pontos, caso a lotação esteja excedida, prática normalmente proibida por Lei. Dentro dos terminais já foram pintadas marcações e anúncios onde as pessoas são orientadas a manter a distância de, no mínimo, 1,5 metro.

Os tradicionais ônibus Executivos “amarelinhos”, circulam com as mesmas medidas de segurança, e não vão operar com ar-condicionado, mantendo as janelas abertas para evitar a proliferação de vírus e bactérias.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar