Educação, Florianópolis, Manezinhos pelo Mundo - 25 Nov 2014 10:51

Escola Lauro Muller recebe prêmio da OAB por projeto em educação especial

Projeto de Educação Especial com alunos surdos já havia sido reconhecido pelo Governo da Espanha
Por: Róbinson Gambôa
 
Escola Lauro Muller recebe prêmio da OAB por projeto em educação especial Diretora da escola, à direita, recebeu a placa em reconhecimento da OAB (Foto: OABSC / Divulgação)

A escola estadual Lauro Muller, situada no Centro de Florianópolis, recebeu na sexta-feira (21) o prêmio Escola Exemplo 2014, conferido pela Ordem dos Advogados do Brasil em Santa Catarina (OAB/SC). A premiação foi um reconhecimento aos projetos ligados à educação especial desenvolvidos na escola, fundada em maio de 1912, há 102 anos.

- Estamos muito felizes pelo reconhecimento e valorização -, salientou emocionada a diretora Márcia Martins, que participou da cerimônia.

A escola foi reconhecida pelo atendimento a alunos com deficiência auditiva, que através da educação participam de projetos de inclusão no cotidiano escolar.

No primeiro ano do projeto, a escola trabalhou com o idioma de libras, a linguagem por sinais. No ano seguinte, foram produzidos vídeos usando as libras, com contação de histórias. Em 2011, a escola criou um blog na internet, onde o material passou a ser compartilhado.

Em 2006, a escola Lauro Muller ficou na lista dos 50 projetos selecionados para o Educador Nota 10, da Fundação Victor Civita da Editora Abril. Em 2011 recebeu o Prêmio Internacional Educarede, promovido pelo Governo da Espanha e Fundação Telefônica, pela construção do blog.

- O desenvolvimento deste projeto possibilita trabalharmos o respeito às diversidades, fazendo uma reflexão acerca não só do respeito à deficiência auditiva, mas também de outras necessidades especiais que encontramos na escola e sociedade. Traz ao grupo um olhar diferente que não admite mais aceitar qualquer tipo de preconceito, discriminação e racismo. Mostra a todos envolvidos no processo educacional que é possível se fazer especial. Que somos diferentes, de necessidades diferentes, mas de direitos iguais. Direito a uma educação de qualidade e à vida, relatou a diretora Márcia Martins.

Márcia e a professora Débora Xavier também participaram de um congresso sobre educação em Madri, com todas as despesas custeadas pelo governo espanhol.

Cerimônia ocorreu no auditório da OAB SC  (Foto: OABSC / Divulgação)Cerimônia ocorreu no auditório da OAB SC (Foto: OABSC / Divulgação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar