Grande Floripa, Meio Ambiente, Palhoça, Turismo - 17 Fev 2020 16:09

Palhoça: espécie rara de baleia aparece morta na praia na Guarda do Embaú

Técnicos do Instituto Australis estiveram no local para periciar o animal
Por: Direto da Redação TSF
 
Palhoça: espécie rara de baleia aparece morta na praia na Guarda do Embaú (Foto: divulgação)

Na semana passada, uma equipe do Instituto Australis encontrou na Guarda do Embaú, em Palhoça, durante o monitoramento de praias, a carcaça de um cetáceo encalhado. O Protocolo de Encalhes da Área de Proteção Ambiental (APA) da Baleia Franca/ICMBio foi acionado, juntamente com as outras equipes do PMP-BS para realização da necropsia.

Segundo os técnicos, o animal foi identificado como sendo uma baleia-bicuda-de-cuvier (espécie Ziphius cavirostris), macho adulto de 6,20m de comprimento. É um espécie considerada rara, de habito oceânico, sendo este o primeiro registro em Santa Catarina. Apesar de ser chamado de baleia, este animal faz parte do grupo dos golfinhos, que possuem dentes, mas uma curiosidade que o difere muito das outras espécies é que possui apenas um único par de dentes que se projetam para frente e para fora da boca, na ponta da mandíbula inferior, e só surgem em machos adultos.

Participam da ação o Instituto Australis, a Associação R3 Animal, e o Laboratório de Zoologia da Universidade do Estado de Santa Catarina/UDESC, instituições executoras do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS). Após a necropsia o esqueleto do animal será recolhido.

O PMP-BS é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. O objetivo é avaliar possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos encontrados mortos. O projeto é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. O Instituto Australis monitora o Trecho 2 compreendido entre Imbituba e Governador Celso Ramos.

(Foto: divulgação)(Foto: divulgação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar