Esportes, Florianópolis, Manezinhos pelo Mundo - 13 Set 2018 18:57

Estréia de Marina Rodriguez no UFC ganha atenção da mídia especializada

Atleta do Ingleses falou à Revista Tatame sobre sua estréia no UFC
Por: Direto da Redação TSF
 
Estréia de Marina Rodriguez no UFC ganha atenção da mídia especializada (Foto: Divulgação)

Continua repercutindo na imprensa em todo o País e até fora do Brasil o ingresso da atleta Marina Rodriguez, de Florianópolis, na maior organização de lutas do mundo, o UFC. Lutadora da Thai Brasil, do bairro Ingleses, e da agência Top Fight, Marina participou do programa “Contender Series Brasil”, transmitido pelo Canal Combate e também pela Rede Globo, e venceu a carioca Maria Oliveira ainda no primeiro round, chegando à sua décima vitória profissional. Sua estreia será no próximo dia 22, enfrentando Randa Markos, no UFC São Paulo.

Apesar do pouco tempo desde sua participação no reality show até a estreia, Marina celebrou. Em entrevista à revista especializada TATAME, a lutadora comentou sobre a realização de um de seus principais desejos como atleta profissional, mas garante que este é apenas o começo.

- Na verdade, meu sonho ainda não foi realizado. Assinar contrato com o UFC foi só a confirmação de que o trabalho está no caminho certo e aumentando o nível cada vez mais -, disse Marina, que aos 31 anos, já rodou por eventos como Aspera FC e Shooto.

Marina acredita que sua chance não demorou e veio no momento certo da sua carreira.

- Na verdade, fiz nove lutas com nove vitórias antes de lutar no ‘Contender Series’ e nunca deixamos os acontecimentos em nossa volta atrapalhar o trabalho. Desde que assinamos com a Top Fight Agência de Atletas, com o Mestre Gilliard Paraná e Tiago Okamura, confiamos 100% no trabalho deles e deixamos isso acontecer. Não poderia ter vindo em melhor hora o contrato, participando de um programa televisionado e com a presença do Minotauro e Dana White -, explicou moradora do Norte da Ilha, que agora busca objetivos maiores no UFC.

Confira o restante da entrevista com Marina Rodriguez:

– Treinos e expectativa para o UFC São Paulo
Os treinos continuam os mesmos, o que muda é a estratégia de luta que meu Mestre Marcio Malko planejou para essa batalha. E com isso, o ‘inovador’ será lutar em cima do jogo da adversária e buscar o nocaute na hora certa, treinamos para isso, sempre.

– Pouco tempo de preparo para encarar a Markos
Nossa preparação para a luta do ‘Contender Series Brasil’ foi de três meses. Após a vitória por nocaute, retornamos para o Brasil e os treinos continuaram, portanto, acrescentamos 40 dias no treinamento direcionado à estratégia para lutar com a Randa Markos. Nunca paramos de treinar, pois todas as nossas melhores chances de luta vieram de repente.

– Dificuldades que o MMA nacional atravessa

Estreei em 2015 no MMA profissional. A dificuldade sempre foi lutar sem ser remunerada como deveria, pois no Brasil a maioria dos eventos querem pagar a bolsa com ingressos e eu sinceramente sempre preferi dar atenção aos treinos para poder lutar bem do que sair para vender ingresso e dividir os valores com os eventos. Desgasta o atleta. Histórias curiosas de eventos brasileiros prefiro não comentar, existem muitas negativas, mas claro que eventos que tratam o atleta com qualidade possuem histórias boas também.

Com informações de Gabriel Carvalho, Revista Tatame


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar