Educação, Florianópolis, Geral, Tecnologia - 03 Mai 2019 17:04

Estudantes do Ingleses criam aplicativo de notícias sobre Libras

As três garotas venceram o Technovation Challenge 2019
Por: Direto da Redação TSF
 
Estudantes do Ingleses criam aplicativo de notícias sobre  Libras (Foto: Degugas Fotografia / divulgação)

As estudantes Jennifer Cardoso da Luz do 9º ano, Milleny Beck Domingues Jacobi e Joanna Lopes Fernandez do 7º ano, da Escola Municipal Herondina Medeiros Zeferino, do bairro Ingleses, venceram a categoria Júnior do Pitch Regional de Florianópolis do Technovation Challenge 2019, programa global de empreendedorismo e tecnologia para mulheres.

A criação do aplicativo “Librianos:  o mundo das Libras” deu a vitória as meninas nessa categoria, que contemplava a faixa etária de 10 a 14 anos. Como prêmio, elas receberam valor de 10 mil reais em cursos de capacitação na empresa I Do Code.

O aplicativo possui uma área de aprendizado, onde as pessoas têm acesso a vídeos exclusivos, com falantes de Libras ensinando coisas básicas. Conta também com uma área com um canal de comunicação direto com a equipe do app.

- Caso a pessoa saiba algumas palavras ou expressões, ela pode gravar e nos enviar para que disponibilizemos a todos tal conteúdo -, diz Felipe de Oliveira.  Ex-estudante da Herondina, e acadêmico de química no Instituto Federal de Santa Catarina, ele é um dos mentores das garotas, juntamente com Natália Maia.

Há uma seção com diversas notícias relacionadas à Libras. Futuramente, será dada visibilidade aos sites que contam com adaptação à Língua Brasileira de Sinais e também a jogos voltados para esse tema. O software utilizado para a criação do aplicativo foi o APP Inventor, disponibilizado gratuitamente pela Google. A direção da Escola Herondina está em busca de parceria para disponibilizar o aplicativo na Google Play Store.

A ideia de desenvolver o app voltado para a Língua Brasileira de Sinais surgiu como uma forma de contribuir na inclusão da parcela da população brasileira que acaba sendo excluída de determinados espaços e atividades. As estudantes relatam que percebem de forma bem evidente essa exclusão. O aplicativo foi pensado e construído para auxiliar as pessoas a aprenderem Libras e com isso ajudar na comunicação com as pessoas com deficiência auditiva.

Segundo Willian Marques, diretor da unidade, a vitória da Joanna, Milleny e Jennifer é motivo de orgulho para a unidade educativa. Em três, das quatro edições, do Technovation Challenge Florianópolis, equipes do estabelecimento de ensino foram vencedoras.

O secretário de Educação da Capital assinala que com essa iniciativa, as garotas tornam-se, na prática, empreendedoras e líderes em tecnologia. Desta forma ajudam o mundo a se tornar mais acessível e mais igualitário, acrescenta Maurício Fernandes Pereira.

(Foto: Degugas Fotografia / divulgação)(Foto: Degugas Fotografia / divulgação)


Processo de criação

As três adolescentes ficaram envolvidas por três meses em estudos, pesquisas, debates e na construção efetiva do aplicativo. Junto com cerca de 30 estudantes da unidade educativa, elas participaram de 10 encontros no SEBRAE, do bairro João Paulo, e de reuniões semanais na escola, no contraturno.

- Mas muito além da vitória, a experiência conquistada por todas as meninas que participaram certamente é o saldo mais positivo. Assim como ver um número cada vez maior de meninas estudando aos sábados e fora do horário escolar. Inspirá-las a estudarem e a perceberem que podem ir além, ocupar espaços e transformar suas vidas. Esse é o maior propósito -, explica Willian.

{image:3:grande}{image:3:description}


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar