Cultura, Entretenimento, Eventos, Florianópolis - 31 Out 2017 11:12

Festival PLANETA.doc exibe por mais duas semanas filmes premiados de graça

Últimas duas semanas para assistir produções premiadas de graça em Florianópolis
Por: Direto da Redação TSF
 
Festival PLANETA.doc exibe por mais duas semanas filmes premiados de graça (Foto: Divulgação)

São mais de 100 filmes na programação do PLANETA.doc - Festival Internacional de Cinema Socioambiental, que começou no dia 16 de outubro e vai até 15 de novembro. Produções do mundo todo estão sendo exibidas em sessões gratuitas, em espaços culturais. Nas duas últimas semanas de festival, ainda podem ser vistos filmes premiados, que tratam de temas socioambientais urgentes para o Planeta, em Florianópolis - no Centro Integrado de Cultura, Sapiens Parque, Iguatemi, Sol da Terra, Círculo Artístico Theodora e Circo da Dona Bilica, e também no CineKombi, que promove sessão de curtas nos bairros Centro, Campeche, Armação do Pântano do Sul e Canasvieiras.

Entre os filmes que estão na programação dos próximos dias está “Quem controla a Água?” (FRA, DEU), dirigido por Leslie Franke e Herdolor Lorenz, sobre movimentos que surgiram na América Latina, EUA, África e Europa, para trazer o fornecimento de água de volta às mãos dos cidadãos; “Natureza Moderna” (BRA), dirigido por Craig Daniel Leon, que reflete sobre a superpopulação do Planeta - até o ano 2050 será aproximadamente 10 bilhões de pessoas - e a capacidade de alimentar essa população, incluindo a discussão sobre a viabilidade da produção orgânica; e “Quem se importa” (BRA), de Mara Mourão, que através de cada um de seus personagens, vasculha o planeta atrás de pessoas magníficas que oferecem simples soluções para as mais graves questões que nos afetam profundamente.

Outros títulos que serão exibidos nestas próximas duas semanas são “Buscando Sentido” (FRA), com direção de Nathanaël Coste e Marc De la Ménardière, um documentário que conta a história de dois amigos de infância que decidiram iniciar uma jornada em busca da solução dos questionamentos sobre os caminhos do mundo, na qual cruzam continentes e repensam suas relações com a natureza, com a felicidade e com o sentido da vida; “Geneticamente Modificados” (EUA), dirigido por Jeremy Seifert, documentário que reflete sobre “Com o quê alimentamos nossas famílias?” e avalia os riscos dos organismos geneticamente modificados; e “A Sea Change” (EUA), dirigido por Barbara Ettinger, que mostra a busca por informação do esportista e professor aposentado Sven Huseby sobre os efeitos do excesso de dióxido de carbono nos oceanos e sua luta para que seu neto de cinco anos não receba de herança um mar sem os peixes.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)

Faz parte da programação também “Disruption”, direção de Kelly Nyks and Jared P. Scott, que lança olhar firme para as consequências devastadoras da inação sobre as questões climáticas; “Descrecimento - Do Mito da Abundância a Simplicidade Voluntária” (ESP), dirigido por Luis Picazo Casariego, sobre um mundo que já está chegando, o mundo do “ser” - cada vez mais as pessoas reinventam seu modo de vida adaptando-o aos limites da biosfera; e “Desculpe pelo Transtorno: a história do Bar do Chico” (BRA), direção de Todd Southgate, que fala o Bar do Chico, pequeno e rústico à beira-mar de Florianópolis, que tornou-se o marco-zero na batalha de uma comunidade que luta para proteger os seus meios de subsistência e sua cultura.

Além desses filmes, muitos outros serão exibidos nos próximos dias. A programação completa pode ser baixada no aplicativo PLANETA.doc ou consultada no site do festival www.planetadoc.com.

Sessão no Iguatemi com presença de produtora americana
Na quinta (9), às 20h, vai ter sessão com “The Discarded: A Tale of Two Rios” (EUA), direção de Carla Dauden e Annie Costner, e “O Jogo da Extinção”  (DEU, CAN), direção de Jakob Kneser, no cinema do Shopping Iguatemi. Estará presente a produtora dos filmes, Adrienne Hall, da Sound Films - Califórnia, para debate após as exibições.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)

“The Discarded” aborda a temática do lixo no Rio de Janeiro. Já “O Jogo da Extinção” leva o espectador para os campos de extermínio de elefantes selvagens e rinocerontes no Quênia e na África do Sul, para o centro de comércio no Vietnã e na China, através de investigações secretas, guardas florestais, ex-caçadores, conservadores e compradores.

Sobre o festival
A quarta edição do PLANETA.doc transforma as cidades no cenário ideal para repensar paradigmas e mergulhar na realidade do mundo contemporâneo, propondo inovações e soluções para os problemas socioambientais com que se depara a humanidade em um planeta de vida abundante.

O festival, maior do gênero do sul do país e um dos principais do Brasil, trata de toda a temática da imbricação do ser humano com a Terra, o que inclui temas polêmicos e urgentes como produção e destino do lixo, mobilidade urbana,  retomada dos espaços públicos nas cidades contemporâneas, alimentação e saúde pública, movimentos sociais, explorações de territórios e biomas e um olhar aprofundado para as realidades sociais e ambientais dos quatro cantos do planeta.

Os filmes são exibidos gratuitamente em universidades, espaços culturais públicos e cineclubes. O Festival também disponibiliza, para toda a rede de escolas públicas (municipais e estaduais) de ensino médio e fundamental,  a Plataforma Planeta na Escola, permitindo a utilização dos filmes em sala de aula como ferramenta de educomunicação durante os anos 2017 e 2018.

Fez parte da programação também debates e o PLANETA.doc Conferência - destaque desta edição, realizado no dia 23 de outubro, com a presença de 15 conferencistas - pensadores, cineastas, ativistas e cientistas que vem inovando em questões ligadas à sustentabilidade. O evento foi no Centro de Eventos da UFSC, em Florianópolis, e contou comum público de aproximadamente 2.000 pessoas.

Patrocínios, apoios e parcerias
Patrocínio PLANETA.doc: Prefeitura de Florianópolis (Cultura, Esporte e Turismo) - Fundação Franklin Cascaes - Lei Municipal de Incentivo à Cultura. Apoio Cultural: Neoway Business Solutions e Digilab.

Apoio institucional: UFSC, Udesc - Universidade do Estado de Santa Catarina, UNISUL - Universidade, Resort Costão do Santinho, ACATS (Associação Catarinense dos Supermercados), Fundação CERTI, Sapiens Parque, Centro De Inovação Acate - Primavera, Fundação Catarinense de Cultura, Secretaria de Educação Florianópolis, Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina, Embaixada da França no Brasil, Instituto Francés, Embajada de España en Brasil - Embaixada da Espanha no Brasil, Embaixada da Espanha e Escritório Cultural da Embaixada da Espanha no Brasil, Embaixada do México, Fundação Cultural Badesc, Centro Integrado de Cultura - CIC, Instituto Estadual de Educação (IEE), Comida do Amanhã, Sinepe/SC, Circo da Dona Bilica, ONU-Habitat Brasil, O Sítio Arte Educação Coworking, Círculo Artístico Teodora.

Parcerias: Instituto Lixo Zero Brasil, Semana Lixo Zero Florianópolis, Ecozine Film Festival, ATADOS, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, Cineclube Presença, Cine Club Ipan, Aequo Sustentabilidade, TV UFSC, Projeto Guarani Serra Geral e UFSC Sustentável, Sol da Terra e Beer Garden da Lagoa.

(Foto: Divulgação)(Foto: Divulgação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar