Economia e Negócios, Florianópolis, Geral, Saúde - 10 Dez 2014 07:56

Fiscais apreendem 500 quilos de alimentos do Angeloni da Beira-Mar

Ação está sendo coordenada pelo Ministério Público. Fiscalização segue nesta quarta (10)
Por: Róbinson Gambôa
 
Fiscais apreendem 500 quilos de alimentos do Angeloni da Beira-Mar Salsichas e queijos foram apreendidos na terça (9) Foto: MPSC / Divulgação)

Uma ação de fiscalização apreendeu nesta terça-feira (9) em Florianópolis cerca de 500 quilos de salsicha e queijo. Os alimentos apresentavam irregularidade e foram recolhidos das prateleiras do Supermercado Angeloni da Avenida Beira-mar Norte. A operação está sendo promovida pelo Ministério Público, e envolve fiscais da Cidasc e Vigilância Sanitária. Nesta quarta, outros dois estabelecimentos da região Continental da Capital serão visitados.

A fiscalização faz parte do Programa de Proteção Jurídico-Sanitária de Consumidores de Produtos de Origem Animal (POA). O trabalho dos fiscais é coordenado pela 33ª Promotoria de Justiça.

O gerente do supermercado chegou a ser levado para a Delegacia de Polícia, onde prestou esclarecimentos e foi liberado. Segundo a assessoria de imprensa do Grupo Angeloni, um erro na balança de precisão teria provocado um erro na confecção das etiquetas que informam o preço e a validade. Quanto aos pacotes de queijo, foram recolhidos porque estavam numa sala fora da câmara fria, aguardando o descongelamento.

Os produtos recolhidos foram levados para a 5ª Delegacia de Polícia, na Agronômica, e posteriormente encaminhados ao Instituto Geral de Perícias (IGP), onde serão inspecionados e submetidos a exame.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar