Economia e Negócios, Florianópolis, Geral, Meio Ambiente, Obras - 30 Jul 2020 15:51

Fiscais multam comércios no Centro de Florianópolis por esgoto irregular

Com dados do Floripa Se Liga Na Rede, força-tarefa contra esgoto irregular multa comércios no Centro por crime ambiental
Por: Direto da Redação TSF
 
Fiscais multam comércios no Centro de Florianópolis por esgoto irregular Fiscal da Floram e técnico do Floripa Se Liga Na Rede confirmam chegada de esgoto irregular na rede pluvial; posto foi multado por crime ambiental (Foto: Tito Pereira/Floripa Se Liga Na Rede)

Uma força-tarefa da Prefeitura e da Casan vistoriou nesta semana empreendimentos comerciais e condomínios do Centro de Florianópolis previamente flagrados, em inspeções do Floripa Se Liga Na Rede, jogando esgoto na rede pluvial e com prazo de regularização vencido.

Na operação, um posto de gasolina na avenida Mauro Ramos, próximo à Beira-Mar Norte, e um prédio multicomercial na avenida Rio Branco continuavam cometendo as irregularidades – em ambos os casos, esgoto dos banheiros chegava na drenagem – e foram multados por crime ambiental.

Os edifícios comerciais e residenciais fiscalizados já constavam como irregulares após inspeção do Floripa Se Liga Na Rede. O programa repassa mensalmente os dados dos imóveis que não se regularizaram dentro do prazo aos órgãos competentes, ficando sujeitos a ações de fiscalização como a realizada nesta semana.

Com mais de 800 inspeções no Centro desde novembro de 2019, último balanço do Floripa Se Liga Na Rede apontou taxa de 88% dos imóveis da região com algum tipo de irregularidade nas ligações de esgoto.

Na segunda (27), além do posto de gasolina multado, a Blitz do Grupo Sanear Floripa – formada por fiscais e técnicos da Vigilância em Saúde, Floram, Casan, Secretaria de Infraestrutura e ECHOA Engenharia, empresa responsável pelos programas Floripa Se Liga Na Rede e Trato Pelo Capivari – fiscalizou um condomínio na rua Arno Hoeschl e um centro comercial na Rio Branco, este já em processo de regularização.

No caso do condomínio, como o síndico tinha dado início ao processo de contratação da empresa responsável pelas obras de adequação, a Floram deu prazo de 10 dias para a correção total das irregularidades.

No dia seguinte, a força-tarefa multou o segundo centro comercial fiscalizado na mesma avenida Rio Branco e intimou o proprietário de uma loja na rua Esteves Júnior a regularizar, em até 15 dias, as ligações sanitárias do imóvel. A Vigilância Sanitária também requereu a apresentação do Alvará Sanitário ao dono de um comércio na Rua Professor Hermínio Jacques que não tinha o esgoto de tanque, máquina de lavar e pias da cozinha conectados à rede coletora.

Por fim, ainda na terça (28), um comércio na avenida Rio Branco, um condomínio na rua Presidente Coutinho e um hotel na rua Felipe Schmidt cessaram o lançamento de esgoto na pluvial e irão agendar nova inspeção com o Floripa Se Liga Na Rede para comprovar que as demais irregularidades foram sanadas.

Blitz Sanear
A Blitz Sanear é uma força-tarefa da Prefeitura Municipal de Florianópolis e da Casan, por meio do Grupo Sanear Floripa, criada com o objetivo de fiscalizar ligações irregulares de esgoto que causem prejuízos ao meio ambiente e à saúde pública.

Com mais de 90 ações semanais realizadas desde outubro de 2018, a Blitz Sanear já inspecionou residências, imóveis comerciais, shopping centers, hotéis, restaurantes, pousadas, condomínios e edifícios em mais de 30 localidades de Florianópolis. Na semana passada, o grupo fez operações nos bairros Ratones, Pantanal, Itacorubi e Jardim Atlântico.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar