Geral, Polícia, São José, Trânsito - 13 Fev 2020 14:33

Força-tarefa promove operação de choque urbano em São José

A ação promove a abordagem periódicas de moradores em situação de rua para verificação e encaminhamento
Por: Direto da Redação TSF
 
Força-tarefa promove operação de choque urbano em São José (Foto: divulgação)

Em São José, a Operação Choque Urbano voltou às ruas na noite de terça-feira (11) nos bairros Campinas e Kobrasol. A ação conjunta que reúne a Guarda Municipal, Secretaria de Assistência Social e Secretaria de Infraestrura promove periodicamente a abordagem de pessoas em situação de rua, além da limpeza e remoção de entulhos acumulados nestes locais.

Na oportunidade, é realizada a checagem de documentos para reconhecer pessoas desaparecidas ou procuradas pela polícia, além do encaminhamento daqueles que demonstram interesse em participar dos serviços de assistência social oferecidos pelo Município, como o Centro Pop, que recebe pessoas em situação de rua, a Unidade Terapêutica para tratamento de dependentes químicos, entre outros.

O comandante da Guareda Municipal, Marcelo Luiz de Souza, explica que a operação é realizada desde 2018 com o intuito de abordar os moradores em situação de rua e coibir, principalmente, as ocorrências de furtos, arrombamentos e o descarte irregular de lixo realizado na maioria das situações por usuários de drogas.

- Realizamos a Operação Choque Urbano todas as semanas e esta força-tarefa tem trazido resultados positivos no que diz repeito ao encontro de diversas pessoas com mandato de prisão em aberto, encaminhamento de moradores para os serviços disponíveis na área da assistência social do município, limpeza e recolhimento de entulhos ocasionado pelo despejo incorreto de lixos, além de coibir o consumo de drogas nestas áreas -, destaca o comandante.

(Foto: divulgação)(Foto: divulgação)

A operação realizada na noite de terça (11) contou com a participação de guardas municipais, assistentes sociais e servidores da Infraestrutura. A ação durou cerca de três horas e contemplou pontos conhecidos da cidade como a Rua Farroupilha, Rua Juscelino Kubitscheck, praças dos bairros Campinas e Kobrasol, além das principais vias, como a Avenida Lédio João Martins e Avenida Acioni Souza Filho. Neste período foi recolhido um caminhão caçamba lotado de lixo, carrinhos, materiais de origem duvidosa e 17 pessoas foram abordadas no total.

A Prefeitura reforça que conta com o apoio da população para que não seja feito o descarte incorreto de entulhos e materiais que acabam degradando o meio ambiente e sujando a cidade. Outra orientação é evitar dar esmolas em semáforos, pois o ato não contribui para que o indivíduo saia da condição de vulnerabilidade extrema.

Desta forma, a melhor maneira de ajudar é orientando as pessoas em situação de rua para que procurem o Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro POP), no bairro Roçado, onde elas podem se alimentar, fazer higiene pessoal e ter acesso aos outros serviços em assistência social oferecidos pelo Município.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar