Eleições, Florianópolis, Geral, Palhoça, Política, São José - 05 Out 2018 15:02

Forças de Segurança se unem para garantir votação tranqüila no domingo (7)

Em Santa Catarina, a ação é coordenada pela secretaria de Estado da Segurança Pública que já emitiu a ordem de serviço
Por: Direto da Redação TSF
 

Quando os eleitores saírem de casa para exercer o direito do voto, neste domingo (7), um forte e inédito esquema de segurança estará pronto para garantir um pleito tranquilo em Santa Catarina. Pela primeira vez no Estado, as forças de segurança das esferas municipal, estadual e federal, estarão trabalhando de forma integrada, e em parceria com a Justiça Eleitoral. O Centro Integrado de Gestão de Riscos e Desastres, (CIGERD), da secretaria de Estado da Defesa Civil, em Florianópolis, será a sede do Grupo de Segurança que vai reunir no local, representantes dos órgãos envolvidos na operação. Ainda no domingo, às 17h, as autoridades envolvidas farão um balanço da ação em coletiva de imprensa.

Efetivos das polícias Civil, Militar, Militar Rodoviária Estadual, Corpo de Bombeiros, Instituto Geral de Perícias (IGP), das secretarias de Estado da Justiça e Cidadania, Defesa Civil, Comunicação, Eletrosul e Celesc são os representantes dos órgãos do Governo do Estado que estarão trabalhando no Centro de Comando Integrado, no Cigerd. A Guarda Municipal, o Tribunal Regional Eleitoral, Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) e as polícias Federal e Rodoviária Federal também terão equipes no local.

Em Santa Catarina, a ação é coordenada pela secretaria de Estado da Segurança Pública que já emitiu a ordem de serviço para a operação Eleições 2018, mobilizando todos os órgãos de segurança atuantes no Estado. O modelo inédito de atuação é articulado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (SENASP), que assumiu, em todo o país, a organização e coordenação do esquema de segurança para a votação do domingo (7).

- Trata-se de uma ação inédita em Santa Catarina, que segue uma diretriz nacional, integrando as forças de segurança, para propiciar ainda mais tranquilidade à população neste domingo - , enfatizou o governador Eduardo Pinho Moreira.

- É a primeira vez que a secretaria de Estado da Segurança Pública assume o protagonismo de uma operação nessa área. Estamos com toda a nossa capacidade de trabalho envolvida para garantir, junto com a Justiça Eleitoral, segurança para a população, a ordem e a tranquilidade em todo o processo eleitoral -,  destaca o secretário Alceu de Oliveira Pinto Júnior.

O diretor de integração da SSP de Santa Catarina, coronel Rogério Martins lembra que nos processos anteriores cada órgão cumpria suas atribuições, de maneira isolada e conforme as demandas apontadas pelo Tribunal Regional Eleitoral. O órgão da Justiça Eleitoral continua com a coordenação geral do processo nos âmbitos da legislação e administrativo. Já as ações de segurança para a votação ficarão sob a responsabilidade das instituições no Centro de Comando Integrado que será ativado no Estado.

A operação
O coronel Rogério Martins informa que o CIGERD, da Defesa Civil de Santa Catarina, foi o local escolhido por possuir todas as instalações e suporte tecnológico necessários para a integração e comunicação entre os órgãos envolvidos na operação de segurança das eleições.

- Já estamos trabalhando em situações bem pontuais, conforme estabelece a lei eleitoral. É o caso, por exemplo, da escolta para o transporte de urnas, mas a ativação do Centro de Comando Integrado ocorrerá no domingo pela manhã -, confirma o coronel.

Durante todo o dia, as equipes poderão definir, em conjunto, as ações de planejamento, comando, controle e avaliação do processo eleitoral. Segundo o coronel, o monitoramento é fundamental para as situações que vão se modificando ao longo do dia, como as alterações e o fluxo do trânsito para os locais de votação, apuração e pontos de comemoração.

O diretor de Informação e Inteligência da SSP, delegado Antônio Alexandre Kale, destaca como ponto forte da operação, o pilar Tecnologia – Inteligência – Integração. A novidade será a utilização do sistema “Córtex”, ferramenta disponibilizada pela SENASP, que vai permitir alimentar e compilar, online, todas as informações e ocorrências referentes ao período de votação.

As pessoas que ficarão responsáveis por abastecer o sistema são ligadas à área da Tecnologia da Informação e já receberam capacitação.

- As informações e as planilhas geradas pela ferramenta nos darão, em tempo real, a condição de acompanhar o cenário em todo o Estado e atuar com mais rapidez e qualidade no caso de qualquer demanda que possa surgir -, acrescenta o delegado, afirmando que Santa Catarina tem um histórico tranquilo de votação no período eleitoral.

- Por meio do sistema, as informações geradas em Santa Catarina estarão conectadas com a sala de comando nacional via SENASP, do Ministério da Segurança Pública -, informa.

Conforme cronograma da Secretaria de Estado da Segurança Pública, por volta das 17h do domingo de votação, na hora do fechamento das urnas, ocorrerá a primeira reunião de balanço e avaliação das ações realizadas pelos órgãos do Centro de Comando Integrado ativado para as eleições no Estado. Na reunião, as autoridades estarão disponíveis para atender à imprensa.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar