Comunidade, Florianópolis, Geral, Saúde - 30 Mar 2020 12:23

Fundo de Impacto para Justiça Social promove acesso à alimentação

Iniciativa abre linha de apoio emergencial para iniciativas que promovam acesso à alimentação em Florianópolis
Por: Direto da Redação TSF
 

Em Florianópolis, além do cancelamento das aulas em todas as redes de ensino, também estão interrompidas as atividades que ocorrem no contraturno escolar em Organizações da Sociedade Civil (OSCs) que oferecem este serviço nas comunidades. Muitas crianças e adolescentes estão habituados a fazer suas refeições nesses espaços.  É nestes lugares que muitas crianças e adolescentes fazem suas refeições diárias. Além disso, é onde ficam seguros e recebem atendimentos adequados para que as famílias possam trabalhar. Sem esses serviços, famílias vulneráveis estão sentindo o impacto que vai além do medo do novo coronavírus. A falta de alimento, sem o fornecimento destas refeições, é uma das preocupações.

Grande parte das pessoas que precisam deste acesso à alimentação residem nas 67 Áreas de Interesse Social de Florianópolis. Nelas, moram mais de 65 mil pessoas, das quais 25 mil são crianças e adolescentes, conforme mostrou a publicação Sinais Vitais, lançada pelo ICOM em 2017.

Considerando que o acesso à alimentação é um direito básico e fundamental, o Fundo de Impacto para Justiça Social, mantido pelo ICOM e por uma rede de pessoas e organizações que doam sistematicamente para garantir direitos humanos e reduzir iniquidades sociais, abriu uma linha de apoio emergencial. A iniciativa busca garantir o acesso das pessoas a alimentos seguros, nutritivos e suficientes, assim como itens de higiene, durante o período de distanciamento social, em decorrência do coronavírus, em Áreas de Interesse Social de Florianópolis. 

Criação da Linha de Apoio Emergencial
O ICOM e os membros do Fundo de Impacto para Justiça Social estruturaram uma linha de apoio, disponibilizando uma parte dos recursos do Fundo e sua conta corrente exclusiva para receber novas doações de pessoas físicas e jurídicas frente à situação emergencial causada pelo coronavírus.

Mapeamento da Sociedade Civil Organizada
O ICOM está mapeando iniciativas de Organizações da Sociedade Civil, movimentos sociais e outros coletivos de interesse público que estejam realizando intervenções que contribuam para garantir o acesso das pessoas a alimentos seguros, nutritivos e suficientes durante o período de distanciamento social, em decorrência do coronavírus, em Áreas de Interesse Social da Grande Florianópolis.

Arrecadação de doações
Pessoas, empresas e demais interessados podem doar para o Fundo de Impacto para Justiça Social. Nos meses de março e abril, as novas doações serão 100% direcionadas ao apoio emergencial.

Aplicação dos recursos financeiros
A equipe do ICOM e os membros do Fundo de Impacto para Justiça Social (organizações e indivíduos) participam da tomada de decisão sobre a aplicação dos recursos levantados. A doação às OSCs e movimentos sociais se dará via carta-convite. O ICOM prestará contas dos recursos doados aos membros do Fundo e à comunidade. O ICOM preza pela transparência em todos os projetos, e nossas contas são auditadas.

O ICOM enviará carta-convite para membros de OSCs, grupos e movimentos sociais que estejam realizando intervenções de acordo com o objetivo do apoio emergencial. As organizações e grupos que receberem a carta-convite apresentarão sua intervenção ou projeto, que será analisado pela equipe do ICOM e pelos membros do Fundo.  A tomada de decisão com relação ao apoio se dará tendo como base o alinhamento da intervenção com o objetivo do apoio emergencial.

Fluxo do apoio:
ICOM mapeia intervenções realizadas por OSCs, grupos e movimentos sociais na Grande Florianópolis;
Uma ou mais cartas-convites serão enviadas pelo ICOM, convidando a(s) OSC(s) a cadastrarem intervenções;
As intervenções serão analisadas pelo ICOM e membros do Fundo de Impacto para Justiça Social;
Por tratar-se de uma situação emergencial, estamos nos organizando para que o processo de tomada de decisão seja o mais rápido possível.

Intervenções apoiadas
Entre 20 e 27 de março ocorreram duas rodadas de apoio a organizações, grupos e movimentos sociais da Grande Florianópolis, totalizando seis intervenções atendidas.

1ª rodada de apoio financeiro
A iniciativa da Revolução dos Baldinhos, Cooperativa de Mulheres e Colégio América, que atuam no bairro Monte Cristo, uma das Áreas de Interesse Social de Florianópolis, tem como objetivo levar, de porta em porta, alimentos para famílias em vulnerabilidade, com crianças e para idosos.

Segundo Cíntia da Cruz, da Revolução dos Baldinhos, a maioria dos idosos do bairro trabalha com coleta de lixo reciclável, circulando pelas ruas da cidade. Eles formam o chamado grupo de risco de contaminação pelo novo coronavírus, por isso, merecem atenção especial.

O grupo mapeou as famílias beneficiadas por organizações como CEDEP, Geração da Chico e creches do bairro e prevê entregar 300 cestas básicas e caixas de leite, impactando aproximadamente 1.500 pessoas. Além disso, para que possam seguir as devidas recomendações dos órgãos públicos de saúde, necessitam de materiais de higiene, como álcool gel, máscaras e detergentes.

2ª rodada de apoio financeiro
No dia 26 de março, uma semana após o lançamento da linha emergencial, fizemos a segunda rodada de apoio para os seguintes grupos e organizações:

Casa São José: doação de cestas básicas e kits de higiene para 60 famílias da Serrinha e do Caiera do Saco dos Limões
Irmandade do Divino Espírito Santo (IDES): entrega de cestas básicas e álcool gel para 100 famílias do Maciço do Morro da Cruz
Quilombo Vidal Martins: alimentação para 20 famílias que vivem na comunidade que fica no Norte da Ilha
Recicla Floripa: alimentação para 139 famílias de catadores de recicláveis de Florianópolis, São José e Palhoça
Rede IVG: alimentação para famílias em vulnerabilidade social do Morro do Mocotó, Monte Serrat, Alto da Caieira, Monte Cristo, Ponte do Imaruim, Jardim Zanellato, entre outras comunidades onde residem crianças, adolescentes e jovens atendidos pela organização.

Doações podem ser realizadas via plataforma Doare neste Link,  ou por meio de depósito e transferências para a conta:
Banco: 001 – Banco do Brasil
Agência: 5201-9
Conta Corrente: 11.079-5
ICOM – Instituto Comunitário Grande Florianópolis
CNPJ. 07.756.988/0001-62

A linha de apoio emergencial do Fundo de Impacto para Justiça Social contribui para os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar