Biguaçu, Florianópolis, Geral, Grande Floripa, Palhoça, São José, Turismo, Verão - 17 Jul 2020 21:21

Governo volta a proibir circulação de pessoas em praias e parques

Além disso, ônibus não circulam mais a partir deste sábado (18)
Por: Direto da Redação TSF
 

A partir deste sábado (18), está mais uma vez proibido o fluxo de pessoas em espaços públicos como parques, praças e praias em toda a Grande Florianópolis. Os ônibus, que já não circulam no fim de semana, também deixam de circular a partir de segunda-feira. As medidas foram anunciadas nesta sexta (17) pelo governador Carlos Moisés, através de um decreto. As novas medidas restritivas para promover o isolamento social atingem sete regiões do Estado classificadas em situação gravíssima, de acordo com a matriz de risco regionalizada, por conta da pandemia de Covid-19.

A suspensão do transporte coletivo urbano municipal e intermunicipal de passageiros vale por 14 dias, a contar de segunda (20).

- Como havíamos falado desde o início dos trabalhos de enfrentamento desta pandemia, a primeira quinzena de julho seria uma das mais difíceis de enfrentarmos. Isso de fato está acontecendo. Trabalhamos sempre para ampliar os leitos de UTI, o que fizemos em mais de 70%. Também contratamos profissionais de saúde e ampliamos os exames no Laboratório Central do Estado. Todo o esforço do governo em proteger o cidadão tem que ser aliado ao esforço da população e das regiões de saúde em Santa Catarina -, afirmou o governador.

No mesmo decreto, o governador Carlos Moisés também altera para 7 de setembro, valendo para todo o território catarinense, a suspensão de aulas presenciais nas unidades das redes pública de ensino, municipal, estadual e federal, além da rede privada, relacionadas à educação infantil, ensino fundamental, nível médio, educação de jovens e adultos e ensino técnico em Santa Catarina.

- Nas últimas semanas, o Governo do Estado tem discutido com os municípios o compartilhamento de informações diante da gravidade do quadro. Percebe-se, neste momento, a necessidade de uma intervenção compartilhada com os municípios para reduzir a velocidade de transmissão da doença. Esse é um momento de união de todos para que possamos fazer o enfrentamento e superar esse momento bastante delicado da nossa história -, afirma o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro.

Ele reforça a necessidade de que as pessoas evitem sair de casa, usem máscara, evitem aglomerações sociais e respeitem as regras sanitárias de distanciamento social para reduzir a velocidade de transmissão da doença.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar