Aeroporto, Florianópolis - 18 Jun 2013 07:50

Em um ano de obras, novo aeroporto ainda está na preparação do solo

Prazo de entrega da obra se mantém em dezembro de 2014
Por: Róbinson Gambôa
 
Em um ano de obras, novo aeroporto ainda está na preparação do solo Máquinas trabalham dia e noite na compactação do solo. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa)

Nesse mês de junho, completa um ano desde o início das obras de ampliação do Aeroporto Internacional Hercílio Luz. Após 12 meses, as duas empreiteiras responsáveis pela infraestrutura estão concluindo a terraplenagem que prepara o terreno para a instalação das novas pistas e terminal de passageiros. Segundo a Infraero, órgão que administra os principais aeroportos do País, o prazo estipulado para conclusão das obras será cumprido sem atrasos: dezembro de 2014.

Obras seguem até dezembro de 2014. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa) Obras seguem até dezembro de 2014. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa)

O trabalho se concentra na parte dos fundos do Aeroporto, uma área de mangue conhecida como Fazenda Ressacada. O local possui uma terra úmida e alagadiça, o que dificultou a compactação do solo e deixou o trabalho de terraplenagem ainda mais complicado, já que o asfalto final vai precisar suportar o peso de grandes aviões.

Antes da colocação do sistema de drenagem e das camadas de brita e saibro, foi preciso retirar enormes quantidades da terra escura do mangue. O material está sendo depositado numa outra área nos fundos da obra, que mais tarde deve ser urbanizada.

Cerca de 400 operários estão trabalhando na construção das novas pistas. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa) Cerca de 400 operários estão trabalhando na construção das novas pistas. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa)

Com a ampliação, o Aeroporto deverá quase triplicar sua capacidade de atendimento. Só com vagas de estacionamento serão 1,8 mil a mais, em comparação com as menos de 500 disponíveis hoje. Mas a principal mudança será provocada pela construção de uma pista de rolagem, que pretende otimizar e agilizar a movimentação das manobras dos aviões e facilitar a rotatividade na saída e entrada de aeronaves na pista principal, onde serão mantidos os pousos e decolagens, como explica o coordenador de comunicação da Infraero em Florianópolis, Ricardo May.

Para cumprir o prazo e entregar a obra até o final do ano que vem, o trabalho operário mobiliza hoje 400 funcionários, diretos e indiretos. Para concluir a compactação do solo, estão sendo colocados 700 caminhões de aterro por dia, mas em dias de chuva a capacidade cai para 400. Apenas com a infraestrutura, antes da construção do terminal de passageiros, estão sendo investidos R$118 milhões.

Canteiro de Obras conta com estrutura com almoxarifado e refeitório. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa) Canteiro de Obras conta com estrutura com almoxarifado e refeitório. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa)

No novo terminal de embarque e desembarque, a novidade será um ousado projeto arquitetônico, que terá forma de asa de avião, com mais de 35 mil metros quadrados de área construída e 44 balcões de check in, o que vai possibilitar o atendimento de 6,7 milhões de passageiros por ano. O terminal também vai abrigar 64 pontos comerciais, entre agências bancárias e praça de alimentação. Hoje no Hercilio Luz operam diariamente uma média de 50 pousos e 50 decolagens.

Espaço para mais 1,8 mil vagas de estacionamento. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa) Espaço para mais 1,8 mil vagas de estacionamento. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa)

O contrato com a construtora também prevê edificações auxiliares, como área para depósito e instalação de sistemas elétricos e eletrônicos. A preocupação da Infraero, explica Ricardo, é esperar que o Governo do Estado cumpra sua parte com a construção da estrada que vai ligar a rodovia Diomício Freitas, na entrada do aeroporto, até o novo terminal. A obra já teria sido autorizada, mas até o momento não há movimentação para o início dos trabalhos.

Sistema de drenagem tem camadas de saibro e brita. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa) Sistema de drenagem tem camadas de saibro e brita. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa)

Obras recebem 700 caminhões de terra por dia. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa) Obras recebem 700 caminhões de terra por dia. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa)

Investimentos chegam a R$ 118 milhões só no novo terminal de passageiros. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa) Investimentos chegam a R$ 118 milhões só no novo terminal de passageiros. (Foto Róbinson Gambôa/Tudo Sobre Floripa)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar