Comunidade, Geral, Palhoça, Política, Saúde - 06 Abr 2021 10:23

Hélio Costa lança manifesto virtual pela construção de hospital em Palhoça

Deputado busca mobilizar a população para que obra finalmente saia do papel
Por: Direto da Redação TSF
 
Hélio Costa lança manifesto virtual pela construção de hospital em Palhoça Hélio Costa, que tomou nesta semana a primeira dose da vacina, trabalhando de casa, em São José (Foto: divulgação)

O deputado federal Hélio Costa lançou um abaixo-assinado virtual convidando a população para participar do processo de mobilização para a construção de um hospital público em Palhoça. O parlamentar fez um estudo sobre as demandas e necessidades do município de 175 mil habitantes que é o único entre os grandes da Região Metropolitana que ainda não possui uma unidade hospitalar.

A meta é alcançar 10.000 assinaturas e posteriormente levar o documento ao Governo do Estado e ao Governo Federal. Quem quiser participar do abaixo-assinado virtual pode entrar clicando aqui.

- Eu e minha equipe passamos o último mês coletando muitas informações sobre a necessidade de um hospital em Palhoça. Lançamos essa ação que é um tipo de petição pública informal e vai contar com a participação direta do povo -, disse.

O deputado afirmou que o hospital é um pedido antigo da população.

- Isto não é um plano do Hélio Costa, mas apenas resposta às centenas de pedidos que recebi nos últimos meses. Palhoça merece e precisa de mais estrutura na área de saúde pública -, ponderou.

Estudo sobre Palhoça
O projeto “Gabinete Aberto”, lançado pelo deputado Helio Costa este ano, elaborou um estudo sobre o município de Palhoça que, com 175.272 habitantes, a cidade é a terceira mais populosa da Grande Florianópolis e a 9ª do Estado.

Considerando os vizinhos próximos, Palhoça é o único município que não tem unidade hospitalar. São José, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz e a Capital Florianópolis têm centros hospitalares e recebem, consequentemente, moradores de Palhoça para atendimento.

De acordo com o IBGE, Palhoça foi a segunda cidade que mais cresceu em população, de 2019 para 2020, entre as principais cidades da região metropolitana. Somando-se a Florianópolis, Biguaçu e São José, o município faz parte de um universo de 1.003.765 pessoas.

Conforme dados do Ministério Público de Santa Catarina, existe uma demanda represada considerável de atendimento no município. São 15.261 pessoas aguardando exames, 11.500 esperando por consultas, 1.092 na fila esperando por cirurgias eletivas e 284 outros casos.

Embora o município disponha de 22 unidades básicas de saúde, onde fazem parte o Pronto Atendimento Diurno da Pinheira e a UPA 24 horas do Bela Vista, o município não dá conta da demanda. Um dos grandes gargalos do atendimento de urgências e emergências, e atendimentos de média e alta complexidade, é fila interminável para se chegar a São José ou Florianópolis. O novo hospital acabaria com isso.

Atualmente, a UPA 24 horas do Bairro Bela Vista serve como ponto de referência. Somente de janeiro a março deste ano, a UPA 24 horas fez quase 30 mil atendimentos adultos e pediátricos. A unidade recebe muitas pessoas acidentadas nas rodovias para estabilização.

8 Razões para Construir o Hospital

1- O Hospital Regional de São José foi o último de grande porte construído na Grande Florianópolis, inaugurado em 25 de fevereiro de 1987;

2- O serviço de Ortopedia do Hospital Regional, que é referência no Estado, já está trabalhando com sua capacidade no limite;

3- De 1987 para cá, a população triplicou em Palhoça (Hoje com 175.272 pessoas) e na Grande Florianópolis;

4- Aumento expressivo no número de partos, proporcional ao aumento da população;

5- Demora na fila de espera por cirurgias eletivas de baixa e média complexidade;

6- Falta uma Unidade Hospitalar de referência para completar a rede de saúde no município;

7- Aumento expressivo na quantidade de pacientes com traumas ortopédicos e estes aguardam em casa por cirurgias;

8- Dificuldade no acesso aos Hospitais de referência (o que tende a aumentar nos próximos anos), causada em grande parte pelo trânsito da região;

Onde ele será construído?
Palhoça conta com dois terrenos para a construção do hospital. Um de 24 mil metros quadrados no Bairro Nova Palhoça, pertencente ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina. O outro de 18 mil metros quadrados é da Secretaria de Estado da Saúde e fica entre os Bairros Bela Vista e Aririú.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar