Agricultura, Economia e Negócios, Grande Floripa - 24 Mai 2013 11:56

Japão autoriza importação de carne suína catarinense

Por: Arielli Secco
 

O governo e os produtores de suínos do estado comemoraram na manhã desta sexta (24) a aprovação do Japão para exportação da produção de Santa Catarina ao país. A liberação foi anunciada em um telefonema do embaixador do Brasil no Japão, Marcos Galvão, ao governador Raimundo Colombo e ao secretário de Agricultura e da Pesca, João Rodrigues, atendendo a uma reivindicação antiga.

– Iniciar as exportações para o Japão é mais do que um fator econômico importante para nosso Estado. Será uma grande melhoria social. Nós temos 50 mil famílias criando suínos em Santa Catarina –, declarou o governador Raimundo Colombo.

O que muda para o florianopolitano?

Em contrapartida, a abertura gera uma preocupação de que também poderá refletir no bolso do consumidor. Porém, de acordo com o economista e membro do Conselho Regional de Economia de Santa Catarina (Corecon-SC), João Rogério Sanson, as consequências dependem das estatísticas de mercado.

– Os canais de exportação estavam fechados. Agora, inicia-se um processo burocrático até o início do envio dos produtos. De imediato, isso não deve refletir no valor da carne suína para a população de Florianópolis.

O economista lembrou que o valor de comercialização também compete com outros produtores nacionais, que poderiam aumentar a participação no mercado de Santa Catarina, aumentando a competição com os produtores locais. 

Paralelo a essa notícia, Santa Catarina está recebendo essa semana uma comissão técnica de auditoria da União Europeia para finalizar o processo de aprovação de exportação da carne suína para esse bloco econômico. “Isso tudo graças à erradicação da febre aftosa no Estado e à certificação internacional de livre de aftosa sem vacinação, único do país”, destaca o secretário da Agricultura e da Pesca, João Rodrigues. Ele enfatiza ainda que o Japão é a terceira maior economia do mundo, com 128 milhões de habitantes e que importa 60% dos alimentos, sendo que o consumo médio de carne suína é de 20 quilos/ano.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar