Esportes, Florianópolis, Manezinhos pelo Mundo - 28 Jul 2020 09:15

Marina Rodriguez sofre sua primeira derrota no MMA por decisão dos juizes

Atleta radicada no bairro Ingleses, em Florianópolis, agora soma 12 vitórias, 2 empates e uma derrota
Por: Direto da Redação TSF
 
Marina Rodriguez sofre sua primeira derrota no MMA por decisão dos juizes (Foto: divulgação)

Marina Rodriguez não conseguiu manter a invencibilidade diante da americana Carla Esparza, na luta válida pelo UFC Fight Night 174, na Ilha da Luta, em Abu Dhabi. Por decisão dividida dos juízes, a vitória foi dada à Esparza após três rounds de luta.

Marina tinha um grande desafio pela frente. A americana é ex-campeã do peso-palha (52 quilos) e domina a luta agarrada. Já Marina, atleta radicada em Florianópolis há 10 anos, leva vantagem na trocação. Logo que iniciou o primeiro round da luta, Carla tentou levar o combate para o solo. Com uma queda bem aplicada, a ex-campeã conseguiu cair por cima, mas não levou perigo as Marinam que conseguiu se defender bem e encaixou algumas cotoveladas na adversária, mesmo estando embaixo.

Ao tentar uma chave de pé, a americana perdeu a posição e Marina conseguiu bons golpes até o final da etapa inicial da luta. No segundo round, Marina voltou mais atenta ao jogo da adversária, conseguindo frustrar várias tentativas de queda que Carla tentava aplicar. Porém, na metade do round, Marina não conseguiu segurar mais e a americana finalmente levou a luta novamente para o solo. A partir daí, o segundo round obedeceu o mesmo roteiro do primeiro, com Carla sem levar muito perigo para Marina.

O terceiro round obedeceu a mesma regra dos anteriores, com Marina superior na luta em pé e Esparza buscando o jogo de chão e pontuando, ainda que sem efetividade. Ao final da luta, os juízes priorizaram o domínio posicional sobre a contundência dos golpes, dando a vitória para a americana.

Com esse resultado, Marina conheceu a primeira derrota na carreira, agora com 12 vitórias e dois empates. Nas redes sociais, a atleta da equipe Thai Brasil, do bairro Ingleses, agradeceu o apoio de todos e garantiu que já está focada nos próximos passos que deve seguir.

- Nunca tive medo de competir, isso sempre me fez querer mais e me levou a lugares inimagináveis na minha vida! (...) E eu quero, estou aqui para isso, continuo firme e forte, pensando nos próximos passos a seguir -, escreveu.

Marina ainda não tem uma nova data para lutar, mas, a média do UFC é que os atletas lutem a cada três meses, portanto, ela ainda pode lutar mais uma vez em 2020.

Para Carla, esse foi o quarto triunfo consecutivo, deixando a atleta mais próxima de uma chance de brigar novamente pelo título da categoria peso-palha, da qual já foi campeã.

(Foto: divulgação)(Foto: divulgação)

Nas suas redes sociais, Marina se manifestou confiante no futuro dentro do UFC, maior organização de lutas do planeta.

- Feliz em poder fazer parte desse evento histórico do UFC Fight Island aqui em Abu Dhabi!⠀Obrigada ao meu Coach Marcio Malko,  por estar do meu lado sempre desde o primeiro dia que pisei no tatame, são 7 anos que passaram e sou muito grata por você ter me transformado na atleta que sou e por me levar aonde estou! Nunca tive medo de competir, isso sempre me fez querer sempre mais e me levou a lugares inimaginável na minha vida! Hoje eu vivo do esporte não só por gostar mas sim pra poder buscar ser a melhor no que eu faço, e isso a gente só conquista trabalhando muito e o tempo é que vai dar esse resultado para quem realmente quer algo de verdade! E eu quero, estou aqui para isso, continuo firme e forte, pensando nos próximos passos a seguir!Obrigada a galera toda pelo apoio e torcida de sempre, seguimos trabalhando forte – salientou.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar