Cultura, Entretenimento, Eventos, Florianópolis - 18 Set 2019 15:59

Multiartista Morena Lopes estaciona sua Kombi na Casa de Luanda, no Santa Mônica

Multiartista segue adiante com seu projeto A Poesia da Palavra, levando bons sentimentos aos mais diversos públicos
Por: Direto da Redação TSF
 
Multiartista Morena Lopes estaciona sua Kombi na Casa de Luanda, no Santa Mônica (Foto: Ana Galli / divulgação)

O conceito de cultura é mais que um conjuntos de ideias. É um agente de transformação social. Imbuída neste sentimento, a atriz, cantora, bailarina e empreendedora Morena Lopes concebeu o espetáculo A Poesia da Palavra, memorando cantigas de roda, canções brasileiras e dança tribal, onde também compartilha releituras, versos e trovas de grandes autores nacionais. E neste domingo (22), a multiartista apresenta uma versão mais intimista deste delicado projeto na Casa de Luanda, no bairro do Santa Mônica. Com preço popular, a performance será envolta de afetos positivos, para contemplar todos os sentidos em clima de celebração.

A bordo de uma Kombi colorida, plotada com desenhos de livros, mapas e flores, ela leva a sua mensagem, através de um Sarau Itinerante, sem contraindicações, para todas as idades. Basta estacionar e a magia acontecer. Antes, a ação passou por feiras de arte e artesanato, espaços culturais e também em escolas da rede municipal de ensino da Capital.

- Vamos brincar com uma caixa de palavras que passa de mão em mão. Quando os pessoas tiram uma palavra a gente vai transformando em música, em poesia, de renomados autores ou mesmo desconhecidos do grande público, ambientando a cena do show -, afirma a idealizadora do projeto.

Sobre a autora

Morena Lopes é atriz de formação e uma pesquisadora da arte. Apaixonada pela poesia, pela música, pela dança, desenvolve o poder da voz através da expressividade do corpo. Gravou seu primeiro álbum de música e poesia em 2014, com o apoio do Governo do Estado de São Paulo. Estudou na Escola de Artes Cênicas e fez o curso de Poesia Falada com a atriz Elisa Lucinda, no Rio de Janeiro - que lhe serviu como base para a criação do seu solo poético.

Em 2011 criou o espetáculo A Poesia da Palavra, com estreia no SESC Santana em São Paulo, apresentado em outros Centros Culturais da capital paulista. Trouxe para Florianópolis, onde encenou no Teatro Álvaro de Carvalhoe foi a mais espaços culturais. O sonho de levar a poesia para as ruas concretizou-se com o apoio do Ministério da Cidadania e da Engie Brasil, empresa que acreditou na ideia.

Agora, com a Kombi Itinerante, a multiartista leva adiante a proposta de mostrar aos jovens o poder das raízes culturais, das relações ancestrais com a natureza e com a força interna, e o quanto isso pode contribuir para a formação como cidadão. Na brincadeira a poesia entra de forma orgânica, sugere a improvisação e a interação imediata, com o acaso da dramaturgia e a sensibilidade da performance.

Esse espetáculo deu origem também ao Laboratório de Voz & Poesia – ministrado pela atriz em Florianópolis desde 2016, atualmente com aulas regulares no Centro Cultural Casa Luanda e no Centro Integrado de Cultura. Nele Morena Lopes compartilha suas referências e bagagens e encontra novas perguntas para seguir seu caminho e encontrar outras possibilidades.

Serviço:
Sarau Intimista - A Poesia da Palavra com Morena Lopes
Quando: domingo (22), às 18h30min
Onde: Casa de Luanda - Rua Madre Benvenuta, 1636 - Bairro Santa Mônica/ Florianópolis

Ingressos: R$ 20 através do link: https://www.sympla.com.br/-casa-luanda-sarau-itinerante-a-poesia-da-palavra__616795. Na hora, R$ 30.
Lotação: 60 lugares


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar