Comunidade, Geral, Grande Floripa, Palhoça, Polícia - 18 Jan 2022 23:20

Nova ocupação no Frei Damião reúne 138 famílias sem moradia em Palhoça

Homens, mulheres e crianças contam que ficaram sem condições de pagar aluguel com a crise econômica e a pandemia
Por: Direto da Redação TSF
 
Nova ocupação no Frei Damião reúne 138 famílias sem moradia em Palhoça (Foto: Tudo Sobre Floripa)

Um grupo de 138 famílias ocupa desde a quinta-feira (13) uma área particular situada na extensão da rua Paschoal Mazzilli, no bairro Frei Damião, em Palhoça. No local, situado junto a um terreno que foi ocupado por outras famílias há cerca de três anos, estão sendo demarcados os lotes para os novos moradores e construídos barracos de madeira. A Polícia Militar esteve no local, mas não houve uso de força ou violência.

Segundo representantes da nova ocupação, o proprietário do terreno, que seria um conhecido empresário do ramo da reciclagem, esteve no local nesta terça-feira (18) pela manhã acompanhado de seguranças para intimidar os moradores. Em resposta às ameaças, membros da ocupação bloquearam a rua no começo da tarde com entulho, pneus e restos de madeira, impedindo o trânsito de veículos.

Segundo informou a Polícia Militar, a legitimidade da ocupação deverá ser discutida na Justiça, sem envolver as forças de segurança, pelo menos enquanto não houver decisão judicial que determine a reintegração de posse. Os policiais conversaram com pessoas que se identificaram como lideranças dos moradores, e conseguiram convencer os manifestantes a retirar os entulhos e desobstruir a rua. Além do helicóptero Águia, que sobrevoou a área, um drone da PM também foi utilizado para monitorar a movimentação.

(Foto: Tudo Sobre Floripa)(Foto: Tudo Sobre Floripa)

De acordo com moradores que se identificaram como líderes da ocupação, já é esperado que o proprietário do terreno busque na Justiça uma ordem para retirada das famílias.

- Somos trabalhadores, pais, mães e crianças que não temos onde morar. Muitos de nós perderam a moradia por conta da crise econômica e da pandemia, ficando sem condições de pagar aluguel. Todos temos direito a moradia digna, isso está na Constituição. Esse terreno está abandonado há dois anos e é usado como depósito de lixo, o que tras doenças para toda a comunidade. Nós estamos limpando toda essa sujeira -, afirmou uma das líderes do movimento, que preferiu não se identificar.

Confira um video com imagens feitas pelos moradores durante as conversas com os policiais:


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar