Florianópolis, Polícia - 13 Abr 2018 09:12

Operação policial prende no Monte Cristo 12 suspeitos de crimes de tráfico

Comunidade é uma das mais atingidas pela guerra entre traficantes
Por: Direto da Redação TSF
 

Doze pessoas foram presas em Florianópolis na tarde de quinta (12), em cumprimento a mandados de Prisão expedidos pela Justiça. No total, foram 41 prisões em todo o Estado. Na Capital, na Grande Florianópolis (São José, Palhoça, Biguaçu) e no Rio de Janeiro a Delegacia de Combate às Drogas (DECOD) mobilizou 110 policiais civis para cumprir 25 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de prisão temporária e quatro internações de adolescentes. Nas demais regiões, 325 policiais civis das Delegacias de Investigação Criminal (DIC) cumpriram 74 mandados de busca e 59 mandados de prisão.

No Bairro Monte Cristo, na Região Continental da Capital, uma das comunidades mais afetadas pela guerra entre grupos de traficantes rivais, foram presos 12 criminosos que atuavam em Florianópolis, São José, Biguaçu, Palhoça e Rio de Janeiro.

O esquema foi descoberto a partir da localização de um pacote com seis quilos de maconha endereçado a uma pessoa que morava no Rio de Janeiro, pelos Correios. A partir deste fato os agentes da DECOD começaram uma investigação e descobriram que os criminosos catarinenses tinha uma conexão com traficantes independentes do Rio de Janeiro.

- O grupo fazia parte de uma organização baseada no Bairro Monte Cristo e com ramificação na Grande Florianópolis e as remessas eram mensais ou quinzenais, conforme a demanda -, explicou o Delegado da DECOD, Attílio Guaspari Filho, que coordenou a operação.

O delegado-geral Adjunto, Luiz Ângelo Moreira, apresentou o balanço do trabalho das Delegacias de Investigação Criminal (DIC) das operações realizadas nesta quinta-feira (12), nas demais regiões.

- Foram 29 presos, 3,8 quilos de drogas (maconha e crack ) e 74 mandados de busca e apreensão. Considero uma operação bastante exitosa mas que ainda está em andamento em algumas cidades e novas prisões ainda podem ser feitas -, destacou o delegado Luiz Ângelo Moreira.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar