Comunidade, Educação, Geral - 14 Jun 2013 10:38

Pântano do Sul protesta no sábado contra especulação imobiliária

Comunidade reivindica duas áreas no entorno da escola e aguarda visita do prefeito pela manhã
Por: Róbinson Gambôa
 
Pântano do Sul protesta no sábado contra especulação imobiliária Escola Dilma Lucia dos Santos, no Pântano do Sul (Foto: Divulgação)

O sábado será cheio de atividades na comunidade do Pântano do Sul, que organiza uma manifestação em protesto contra a construção de grandes empreendimentos imobiliários no bairro. Os moradores querem a criação de um Parque Natural e um Parque Urbano no entorno da escola municipal Dilma Lucia dos Santos.

Pela manhã, representantes da comunidade e direção da escola aguardam pela visita do prefeito César Junior, que teria confirmado sua presença numa reunião para tratar de uma antiga reivindicação. Já há alguns anos, a escola luta para que a Prefeitura adquira dois terrenos situados ao lado e na frente do prédio. César Junior será recebido pela diretora da escola, Graciela Silveira, às 10h.

A escola Dilma Lucia dos Santos mantém cerca de 600 alunos nos três turnos, sendo que à noite as salas são cedidas para o Ensino Médio, administrado pelo Estado. De acordo com a professora Zenaide Rodrigues, que há 20 anos leciona geografia nessa escola, a intenção da comunidade é promover a educação ambiental e formação integral dos alunos a partir da utilização dos dois parques.

- Já temos um parecer favorável da Floram, mas é preciso iniciar o processo de desapropriação dessas áreas -, explicou.

Para a tarde, estão programadas outras atividades em protesto contra as construções previstas para o bairro, como um campo de golfe e centenas de casas em áreas consideradas de preservação ambiental.

Segundo os moradores, a área para onde as construções estão previstas, é uma planície alagadiça, área de uso comum da comunidade, apontada como imprópria para a especulação Imobiliária.

- A criação do Parque do Entorno Escolar é para manter um corredor ecológico entre os parques Lagoinha do Leste e Lagoa do Peri, projeto que conta com extensão do IFSC e centro de educação ambiental -, explicou a professora Zenaide.

No início da tarde, será formado um “coração humano” pela criação do Parque, na rua João Belarmino da Silva. Às 14h, ocorre uma bicicletada e passeata até o Pântano do Sul, com bicicletas enfeitadas com corações, faixas e pirulitos. Logo depois, acontece uma apresentação com uma orquestra.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar