Bombeiros, Florianópolis, Polícia, Turismo, Verão - 06 Fev 2020 16:58

Perícia confirma afogamento como causa da morte de jornalista argentino

Esta foi a quarta morte por afogamento somente em Canasvieiras nesta temporada
Por: Direto da Redação TSF
 
Perícia confirma afogamento como causa da morte de jornalista argentino Marcelo tinha 32 anos (Foto: divulgação)

Foi confirmada na manhã desta quinta (6) como afogamento a causa da morte do jornalista argentino Marcelo Leonel Pagliaccio, de 32 anos. Ele chegou a ser socorrido no mar em Canasvieiras, no Norte da Ilha, mas acabou morrendo na UPA.

A causa da morte de Marcelo havia deixado dúvidas, manifestadas inclusive pelos Bombeiros que atuaram no resgate e tentativas de reanimação. O turista havia participado de uma festa durante toda a noite, e, ao amanhecer, entrou no mar, por volta das 6h30min. com um grupo de amigos. Os guarda-vidas só começam a trabalhar às 7h30.

O laudo laudo cadavérico que atestou o afogamento foi emitido pelo IML do Instituto Geral de Perícias, em Florianópolis. O corpo de Marcelo foi liberado pela manhã, e deverá ser transportado até Buenos Aires. Esta foi a quarta vítima de afogamento na praia de Canasvieiras, somente nesta temporada.

Desde a obra de engordamento da faixa de areia, outros três afogamentos haviam sido registrados. A situação ficou mais perigosa após as obras de alargamento da faixa de areia, que deixou crateras embaixo dágua, muito próximas à orla.

No domingo (26), outro turista argentino havia perdido a vida na mesma praia de Canasvieiras. Ele foi identificado como sendo o estudante e ator de teatro Emanuel Orozco, de 19 anos.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar