Comunidade, Grande Floripa, Meio Ambiente, Turismo - 31 Mai 2020 18:52

Grande Floripa:Projeto transforma lixo marinho em ferramenta pedagógica

Iniciativa em Governador Celso Ramos faz parte de uma pesquisa de mestrado do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC)
Por: Direto da Redação TSF
 
Grande Floripa:Projeto transforma lixo marinho em ferramenta pedagógica Lixo recolhido nas praias se transforma em ferramenta de educação. (Fotos: Secom e Emma / divulgação)

Conhecido por sua natureza preservada e pelas belas praias, o município de Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis,  tem uma tradição em promover conscientização e preservação ambiental a partir de projetos de educação desenvolvidos nas comunidades, e, na temporada de verão, com turistas. Um desses projetos é a Coleção Didática Lixo Marinho, que é um acervo composto pelo lixo coletado nas praias do município e que servirá como ferramenta de educação ambiental. A iniciativa visa despertar para a reflexão sobre os impactos das ações humanas na natureza e propõem-se a mudar hábitos para salvar a natureza.

A Coleção Didática Lixo Marinho começou a ser exposta desde maio na Escola Municipal do Meio Ambiente de Governador Celso Ramos (EMMA), mas só poderá receber visitas após a quarentena. A coleção foi desenvolvida pela engenheira Bruna Costa a partir de uma pesquisa sobre os cenários costeiros e a presença do lixo marinho, do Programa de Mestrado Profissional em Clima e Meio Ambiente do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC). O projeto está sendo estruturado em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura (SEMEC) e a EMMA.

Fotos: Secom e Emma / divulgação)Fotos: Secom e Emma / divulgação)

A coleção é montada com o lixo foi coletado nas prais do município no período entre agosto de 2019 e fevereiro de 2020. Os materiais foram levados à Escola do Meio Ambiente, passaram por um processo de triagem, limpeza, identificação e classificação quanto a origem provável do lixo marinho. Depois foram armazenados em recipientes transparentes e receberam um rótulo com uma numeração específica correspondente a uma ficha catalográfica, para pudessem ser expostos.

- Há pouco conhecimento da população no que se refere à educação marinha e costeira. Nesse sentido, o objetivo da coleção é possibilitar essa transmissão de informação, auxiliando os pesquisadores e conscientizando nossos alunos da rede de ensino, assim como toda população do nosso município -, definiu a bióloga e diretora da EMMA, Luciara Azevedo.

Segundo a pesquisadora e engenheira ambiental, Bruna Costa, a problemática que envolve o lixo marinho é transfronteiriço, sendo necessário o esforço de todos. Ela explica que a crescente preocupação da comunidade científica com a proteção do meio ambiente tem trazido debates, principalmente sobre o lixo marinho. Um dos resultados desses debates foi a elaboração do Plano Nacional de Combate ao Lixo no Mar, lançado pelo Ministério do Meio Ambiente, em 2019, que convoca toda a sociedade a participar da solução desse problema.

- Todo esse movimento de busca por soluções vem ao encontro do trabalho que está sendo desenvolvido em Governador Celso Ramos. A coleção didática de referência de lixo marinho como parte da pesquisa se tornará um acervo importante tanto para a conscientização geral da população como para a realização de novas pesquisas na área marinha -, diz Bruna Costa.

Fotos: Secom e Emma / divulgação)Fotos: Secom e Emma / divulgação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar