Cultura, Economia e Negócios, Eventos, Florianópolis, Geral - 09 Set 2019 14:52

Restauro de palacete de Hercílio Luz será apresentado durante a CasaCor

Última residência do emblemático político catarinense estava prestes a desabar há cinco anos
Por: Direto da Redação TSF
 
Restauro de palacete de Hercílio Luz será apresentado durante a CasaCor (Foto: Mariana Boro / divulgação)

Por Maria Antonieta Toledo

O público que prestigiar a CasaCor Florianópolis deste ano vai poder conferir em primeira mão o resultado de mais de três anos de dedicação ao restauro da última residência que abrigou o ex-governador Hercílio Luz. Situada na avenida Mauro Ramos, no antigo caminho para a Chácara de Espanha, e a cerca de 500 metros da Avenida Beira Mar Norte, o palacete em estilo eclético construído no século XIX estava prestes a desabar antes de ter sido adquirido pela Incorporadora Milano, que se encarregou do seu completo restauro.

Quase 20 anos de abandono abalaram completamente a estrutura da edificação, que havia sido tombada como Patrimônio Histórico pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC) em 2002. Árvores cresciam dentro da casa, cupins comprometeram o madeiramento da estrutura e de portas e janelas, o reboco das paredes se soltava com a vibração dos passos dentro dela. Os anos em que ficou sem utilização, a residência serviu para abrigar moradores em situação de rua, que contribuíram ainda mais para sua degradação.

Para resgatar a imponência desta importante edificação, a Milano Incorporadora contou com projeto assinado pela arquiteta Lílian Mendonça, e executado pelo engenheiro Ângelo Buratto, que foi aprovado pelos órgãos públicos e supervisionado pela Fundação Catarinense de Cultura (FCC). A sua completa reestruturação envolveu 30 profissionais qualificados e dedicados a promover o resgate dos ricos detalhes que adornam o palacete,  marcante pelos elementos art nouveau e art déco.

Escavações promovidas no subsolo com objetivo de conferir o seu reforço estrutural revelaram a presença de dois períodos construtivos diferentes a que a edificação foi submetida. No primeiro deles, arcos romanos em tijolos foram adotados como base de sustentação. E posteriormente, a escolha por pedras argamassadas e paredes com mais de 80 centímetros de espessura fizeram as bases necessárias para se edificar um segundo pavimento, feito pelas mãos do próprio Hercílio Luz, que era engenheiro, após recebê-la em doação em 1895.

(Foto: Mariana Boro / divulgação)(Foto: Mariana Boro / divulgação)

Tour pelo palacete
Ao primeiro contato, uma escadaria monumental em mármore de carrara direciona para a entrada principal da casa, com seu pé direito de 4,5 metros, portas de 3 metros e seus 825 metros quadrados de área construída. Uma varanda em belvedere se projeta sobre o jardim e é adornada com ladrilhos hidráulicos semelhantes aos observados na calçada do Palácio Cruz e Sousa, antiga sede do governo e que foi reformada na época em que Hercílio Luz era governador.

Algumas influências artísticas foram estabelecidas entre a casa Hercílio Luz e o Palácio Cruz e Sousa. No interior da casa, em seu primeiro pavimento formado por sete salões, foram descobertas pinturas murais em tons de verde e vermelho, similares aos da antiga sede do Governo Catarinense.

- Fizemos testes e constatamos que o vermelho é exatamente o mesmo tom da sala de jantar do Palácio Cruz e Sousa; enquanto o verde é o mesmo da área íntima do palácio. O que demonstra como Hercílio Luz buscou inspirações na sede do governo ao dar vida e cor à sua residência particular -, explica a restauradora e responsável pela recuperação das pinturas murais da Fundação Catarinense de Cultura, Márcia Escorteganha.

A laje feita em gesso estuque também é uma raridade e denota a herança colonial da edificação. Valiosa descoberta artística foi feita durante a execução do projeto de restauro. Um afresco à secco encontrado no subsolo intrigou até membros da Fundação Catarinense de Cultura, como a restauradora Márcia Escorteganha, que empenhou-se pessoalmente em seu resgate.

- Essa técnica de pintura comum na Itália é raríssima aqui no Brasil. Em Florianópolis, temos poucos registros dessa técnica, como no Palácio Cruz e Sousa, na Catedral Metropolitana e na sede da Aliança Francesa. No entanto, esse afresco da casa Hercílio Luz é ainda mais elaborado ao ser composto por cores diferentes -, declara Márcia.

(Foto: Mariana Boro / divulgação)(Foto: Mariana Boro / divulgação)

Interferência direta de Hercílio Luz
Político proeminente de Santa Catarina, Hercílio Luz também era engenheiro de formação. Ao receber a casa em doação em 1895, ela contava apenas com um pavimento. Hercílio foi responsável por edificar um segundo pavimento, contendo dois ambientes e um terraço, que lhe permitia observar à distância a construção da ponte que nem mesmo ele veria concluída e batizada com seu nome.

O trabalho de adaptação de um elevador na casa revelou a presença de manilhas hidráulicas ligando o primeiro piso ao térreo, o que leva a crer que Hercílio também inovou ao trazer um banheiro privativo para dentro da casa. Para os padrões da época, no início do século XX é algo raro de ser visto, pois banheiros eram situados na área externa das residências.

- Observar uma importante obra sendo restaurada, tendo preservado seu passado arquitetônico, suas influências construtivas e de estilo, e ter recuperada toda a sua imponência é o sonho de todo restaurador, e de todas as pessoas que valorizam a história do seu povo. E essa conquista na casa Hercílio Luz está sendo possível graças à atuação desta importante parceria firmada com a iniciativa privada -, enaltece Márcia.

A Casa Hercílio Luz
Hoje, completamente restaurada, a casa do governador Hercílio Luz abre as portas para sua apreciação em primeira mão aos visitantes da Casa Cor Florianópolis. A arquiteta Eduarda Tonietto assina o projeto que vai promover o resgate da história da edificação, em paralelo ao contato com a história deste proeminente político.

Em um segundo momento, a casa estará disponível para visitação gratuita mediante agendamento prévio e servirá para abrigar eventos diversos, ao integrar um complexo com essa finalidade dentro do empreendimento Cidade Milano.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar