Comunidade, Educação, Geral, Grande Floripa - 10 Fev 2019 05:20

Em São João Batista, mais de 4 mil voltam às aulas nesta segunda (11)

Reuniões pedagógicas e capacitações para equipes dos prés e das escolas antecederam o início do ano letivo
Por: Direto da Redação TSF
 
Em São João Batista, mais de 4 mil voltam às aulas nesta segunda (11) (Foto: divulgação)

Em São João Batista, na Grande Florianópolis, mais de 4 mil alunos das escolas da rede pública de ensino voltam às salas de aula nesta segunda-feira (11). No entanto, o trabalho para as equipes administrativas, serventes e professores iniciou bem antes para que tudo esteja bem organizado para o início das atividades.

Na terça (5), foi aberto o ano letivo com os professores, autoridades e entidades. O secretário de educação, Edésio Tomasi, destacou que é preciso trabalhar em rede para educação funcionar.

- Somos todos membros de um corpo, não podem prevalecer outros interesses, que não sejam os da educação -, frisou.

O Promotor de Justiça Nilton Exterkoetter acrescentou que com uma soma de esforços, se superar qualquer obstáculo. Citou que São João Batista é uma cidade diferenciada pelo crescimento que teve nos últimos anos e os professores precisam ter um olhar a mais para migração.

O presidente da Câmara, Éder Vargas também colocou o Poder Legislativo a disposição e falou sobre os desafios do educador da atualidade. Por fim, o prefeito Daniel Netto Cândido desejou um ótimo ano a todos e destacou ações que foram realizadas para que a gestão possa ser eficiente e para garantir o pagamento do piso em dia.

- Pela primeira vez conseguimos antecipar o envio e já encaminhar para primeira Sessão Ordinária dos vereadores. Isto aconteceu graças a várias mudanças que foram feitas ao longo dos meses. Estamos trabalhando muito para termos uma máquina administrativa eficiente, valorizando os servidores e atendendo bem cada cidadão -, disse.

Em seguida, os educadores receberam uma palestra sobre Gerenciamento da Raiva, ministrada por Patrícia Santos. A palestrante destacou que as pessoas algumas vezes se convencem de que a raiva as ajuda – que as torna mais forte, mais capazes e mais respeitadas, mas a realidade é difícil de ignorar.

- Da raiva prolongada e descontrolada, você encontrará uma trilha de relacionamentos partidos, carreiras interrompidas, problemas de saúde, e um monte de infelicidade. A raiva descontrolada destrói vidas -, disse. Na mesma data aconteceram reuniões pedagógicas nas unidades escolares.

Já na quarta (6), foi a vez de receberem capacitação com Gracielle Boing Lyra (docente da Univali e doutoranda em Educação na UFSC) sobre as Diretrizes, no Auditório da APAE e também foi realizado o Planejamento por turmas e disciplinas, na Escola Alice da Silva Gomes Na quinta (7), os professores foram capacitados sobre o Projeto Político Pedagógico (PPP), com o professor Valdir Nogueira, no auditório da APAE e nesta sexta (8), segue o planejamento.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar