Geral, São José, Trabalho - 05 Fev 2018 16:08

São José é a sexta cidade que mais gerou empregos no Brasil em 2017

O município também registrou o maior aumento do PIB entre as grandes cidades do estado
Por: Direto da Redação TSF
 

São José, na Grande Florianópolis, foi a sexta cidade que mais gerou empregos no Brasil em 2017 e o único entre os grandes municípios catarinenses com crescimento do PIB. Apesar da crise que vem afetando os municípios brasileiros nos últimos anos, São José tem se destacado economicamente e nacionalmente. A cidade é a sexta maior geradora de empregos em todo o país e a segunda que mais abriu novas vagas no estado em 2017. Além disso, São José foi o único, entre os maiores municípios catarinenses, que registrou aumento do PIB, consolidando-se como a quinta maior economia de Santa Catarina.

De acordo com o último levantamento elaborado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, São José ocupa a sexta colocação no ranking das cidades brasileiras que mais geraram empregos formais até dezembro de 2017. No ano passado, foram criadas 2517 novas vagas. Entre os municípios de Santa Catarina, São José aparece como a segunda no ranking na geração de empregos.

O município também registrou o maior aumento do Produto Interno Bruto (PIB) entre os 10 maiores municípios do estado. O cálculo foi divulgado recentemente pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam) com base em informações do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 

O levantamento mostra que, em 2015, as cidades catarinenses perderam 7,22% do PIB (Produto Interno Bruto). Neste cenário, considerando o PIB referente aos tributos municipais, São José se destacou. Entre as cidades com a maior arrecadação do estado, a única que cresceu foi São José, que obteve um desempenho 4,18% melhor do que o ano anterior. Desta forma, levando em consideração o desempenho individual dos municípios, hoje São José consolida-se como o 5º maior PIB de Santa Catarina.

Para a prefeita Adeliana Dal Pont, os resultados expressivos refletem os esforços que a gestão municipal tem feito para estimular o desenvolvimento da economia na cidade e valorização das pessoas.

- Temos um compromisso firmado com a nossa cidade e a nossa gente. Estamos nos dedicando diariamente para gerar novas possibilidades de crescimento nos mais variados segmentos da sociedade e os dados confirmam que este trabalho tem dado certo. Estamos conseguindo driblar a crise econômica com muita força de vontade, seriedade e gestão -, assinala Adeliana.

O maior aumento de riqueza entre essas cidades do estado também foi de São José, cujo PIB subiu de R$ 7,97 bilhões para R$ 10,05 bilhões, um aumento real de 15,25% quando descontada a inflação do período. Além disso, a renda per capita, teve um importante incremento, passando de R$ 35 mil para R$ 43 mil.

Além da expansão comercial e a ascensão dos parques industriais de São José, a cidade manteve os setores da construção civil e de serviço bem aquecidos em 2017.

- A multiplicidade econômica é uma característica peculiar da cidade de São José e corrobora para que tenhamos mais flexibilidade e equilíbrio dos setores. Além disso, estamos apostando constantemente em projetos que desenvolvam a cultura do ecossistema de inovação, atraindo cada vez mais investidores e empresas para cidade, e consequentemente, mais empregos passam a ser ofertados aqui -, explica o secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Waldemar Bornhausen Neto.

Em meio a um cenário onde a taxa de desemprego anual no Brasil subiu de 11,5% em 2016 para 12,7% em 2017, a maior da série histórica, iniciada em 2012, de acordo com os dados do IBGE, a cidade de São José se manteve produtiva quanto à geração de novas vagas conseguindo se destacar entre as cidades consideras grandes polos econômicos como São Paulo e Rio de Janeiro.

((Foto: Jeferson Regis - Secom/PMSJ)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar