Geral, Política, São José, Saúde - 01 Jun 2018 19:29

São José: vereadores aprovam criação da carteira de identificação do autista

Projeto visa evitar transtornos a portadores do autismo e familiares
Por: Direto da Redação TSF
 
São José: vereadores aprovam criação da carteira de identificação do autista (Foto: Divulgação)

Em São José, os vereadores aprovaram na segunda (28) o projeto que institui na cidade a carteira de identificação do autista. Autor da proposta, ao lado do vereador Carlos Eduardo Martins (PSD), o presidente do Legislativo, Orvino Coelho de Ávila (PSD), trouxe ao Plenário experiência pessoal com a causa.

- Precisamos ter a sensibilidade de saber que o problema pode acontecer com cada um de nós e o número de pessoas com autismo é muito maior do que a gente possa pensar. Ele é bastante grande e a preocupação é constante. É um problema bastante sério -, salientou Orvino, que também é autor de outro projeto que obriga os estabelecimentos públicos e privados a inserir o símbolo mundial do autismo nas placas de atendimento prioritário.

Já o vereador Carlos Eduardo Martins explicou como será realizada a regulamentação pela prefeitura após a sanção do projeto.

- No texto da lei, nós deixamos em aberto que caberá ao Executivo definir qual será o órgão a emitir essa carteirinha. Haverá ainda um processo do laudo médico com todo o rol dos profissionais da saúde indicando e trazendo o diagnóstico do cidadão autista -, frisou.

Da mesma forma, o vereador Clonny Capistrano (PMDB), relator do projeto na Comissão de Constituição, Justiça e Redação, mencionou a importância da matéria em virtude de características próprias dos portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA).

- São pessoas que aparentam ser normais, mas possuem necessidades especiais e dentro disso a questão da impaciência, de não ficar parado, sossegado traz para os pais um certo desconforto. Essa carteirinha vai dar prioridade conforme determina a Lei Federal nº 12.764/2012 que diz que pessoa com TEA é considerada com deficiência. Essa carteirinha ajudará a evitar o que a gente vive hoje no Brasil: tempos de intolerância, agressividade por ninguém mais ter paciência. Ultrapassar alguém numa fila é motivo para brigas -, citou, completando que a identificação ajudará a evitar casos de intolerância.

O projeto volta ao Plenário para segunda discussão. A próxima Sessão Ordinária acontece na segunda (4), às 16h.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar