Florianópolis, Geral, Trabalho - 09 Ago 2018 19:33

Servidores da Celesc protestam contra medida que favorece privatização

Sindicato diz que manifestação deu resultado e mudança foi barrada na Alesc
Por: Direto da Redação TSF
 
Servidores da Celesc protestam contra medida que favorece privatização (Foto: Rubens Lopes / Divulgação)

A sede da Celesc em Florianópolis foi uma das oito entre as 16 espalhadas pelo estado que mantiveram portas fechadas sem atendimento ao público nesta quinta (9), em razão da paralisação dos servidores. Pela manhã, um protesto em frente ao prédio reuniu dezenas de trabalhadores. Segudo o Sindicato que reúne a categoria, a manifestação deu resultado e conseguiu barrar a mudança no estatuto social que iria facilitar a privatização da Empresa.

(Foto: Rubens Lopes / Divulgação)(Foto: Rubens Lopes / Divulgação)

Representantes do Governo, da EDP e do empresário Lírio Parisotto tentaram incluir na reforma do estatuto da Celesc a possibilidade de realização de reuniões virtuais. A proposta, segundo o Sindicato, enfraquece a categoria.

Em 2009, trabalhadores ocuparam uma reunião do Conselho de Administração e impediram uma mudança de governança corporativa que faria com que a Celesc deixasse de ser pública do dia para a noite. Aprovada durante a Assembleia Estadual dos trabalhadores da Celesc, a mobilização desta vez busca que o Governo do Estado aprove a reforma do Estatuto mantendo a obrigatoriedade de reuniões presenciais dentro das dependências da empresa, evitando que decisões importantes para a manutenção da Celesc Pública sejam tomadas a distância.

(Foto: Rubens Lopes / Divulgação)(Foto: Rubens Lopes / Divulgação)

(Foto: Rubens Lopes / Divulgação)(Foto: Rubens Lopes / Divulgação)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar