Florianópolis, Geral, Política - 24 Fev 2014 14:37

Sindicato dos Correios diz que ideia do MP de suspender greve é equivocada

Audiência de conciliação entre Fentect e Correios não foi satisfatória e greve continua
Por: Direto da Redação
 
Sindicato dos Correios diz que ideia do MP de suspender greve é equivocada Paralisação atinge principalmente entregas de correspondências simples (Foto: Felipe Corrêa Franzói / Tudo Sobre Floripa)

O Ministério Público do Trabalha sugeriu nesta segunda-feira (24), em audiência de conciliação entre Correios e Federação Nacional dos Trabalhadores nas Empresas de Correios, Telégrafos e Similares (Fentect), que a greve dos funcionários dos correios fosse suspendida até o julgamento da ação. A proposta foi negada pela Fentect e pelo Sindicato dos Trabalhadores na Empresa de Correios e Telégrafos e Similares de Santa Catarina, que comentou ser uma proposta equívoca e estúpida. Sem acordo, a paralisação continua.

A greve já dura 25 dias em 13 estados do Brasil. Em Florianópolis, o sindicato estima que 60% dos funcionários entraram na paralisação, contabilizando um dia e meio de trabalho em acúmulo de cartas simples.

O Sindicato que reúne trabalhadores dos Correios reivindica em todo o país que os Correios espeitem uma cláusula do Plano de Saúde da categoria que prevê a manutenção do atual Correios Saúde. O acordo não estaria sendo respeitado pela empresa, inclusive com cobrança de mensalidade do plano. A 10ª Região do TRT em Brasília deve ainda julgar a ação que tramita desde setembro do ano passado. A data de julgamento do dissídio ainda não foi estipulada, mas acredita-se que será somente depois do dia 10 de março.


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar