Economia e Negócios, Educação, Esportes, Florianópolis, Geral - 13 Jun 2018 16:44

Startup lança ‘LinkedIn do Futebol’ e revoluciona a relação com jogadores de base

Plataforma digital foi lançada em abril, em Florianópolis
Por: Direto da Redação TSF
 
Startup lança ‘LinkedIn do Futebol’ e revoluciona a relação com jogadores de base (Foto: Divulgação)

Uma plataforma digital que busca evitar que carreiras promissoras no futebol se percam por falta de visibilidade ou de acesso às oportunidades. Essa é a ideia da startup SEEMIPRO, que leva em consideração o potencial gigantesco do mercado da bola e busca reunir jogadores de categorias de base, clubes e agentes em um ambiente rico em informações, e projetado para estimular a interação entre eles. A plataforma foi lançada no final do último mês de abril, no Fórum de Inovação do Futebol (ForInFut) 2018, que aconteceu no Intercity, em Florianópolis. O evento reuniu cerca de 150 profissionais do mercado da bola e gente interessada nas novas tecnologias que prometem mudar a cara do futebol em frentes como Gestão e Marketing, além de atualizações sobre Direito neste segmento.

Apenas nesse evento foram fechados 15 acordos comerciais com grandes clubes e agentes de dentro e fora do Brasil. Eles aprovaram a iniciativa, entenderam as melhorias propostas pela SEEMIPRO e se interessaram em fazer uso da plataforma como parte de seu esforço na captação de jogadores de base.

Apesar de ter se lançado ao mercado recentemente, a SEEMIPRO já conta com mais de cinco mil jogadores de base cadastrados e que podem ser pré-avaliados por clubes e empresários. A projeção da equipe é cadastrar mais de 50 mil jogadores até o final do ano.

NÚMEROS DO MERCADO
Que o futebol envolve números grandes no Brasil não é novidade para ninguém. Mas exatamente quantos jogadores surgem para o mercado anualmente? Qual a capacidade de absorção dos clubes? Quantos jogadores bons não têm suas carreiras encerradas por não contarem com um bom empresário ou por não terem como chamar a atenção dos grandes clubes do país?

Em média, um clube precisa realizar 100 peneiras para formar seu elenco de base. Num cenário em que existem mais de 265 milhões de jogadores de futebol no mundo, e cerca de 1000 clubes, profissionais e amadores, atuando apenas no Brasil, as oportunidades de mercado ficam evidentes.

Os números listados a seguir foram alguns dos que fizeram os fundadores da SEEMIPRO identificarem, efetivamente, o tamanho da oportunidade no mercado nacional.

662 clubes profissionais
36 clubes formadores
435 clubes amadores
28 mil jogadores profissionais em atividade

Apesar de muita pesquisa, não é fácil encontrar dados oficiais sobre atletas de base em atividade - em clubes formadores ou escolinhas -, mas certamente esse número está na casa dos milhões. Apenas a escolinha do Barcelona, em suas unidades de São Paulo e Rio de Janeiro, conta com quase 2 mil alunos.

VANTAGENS PARA JOGADORES

Infelizmente, não adianta apenas ser bom de bola para chegar ao universo dos profissionais. Quem não é visto não é lembrado e como é impossível estar em todas as peneiras que abrem no Brasil, a melhor forma, então, é ter um perfil público que possa ser compartilhado e visualizado por clubes e agentes de todo país. Nele, vídeos, dados de carreira, conquistas e gráficos baseados em captação telemétrica fornecem muita informação importante.

Além do perfil público compartilhável, também são vantagens para o jogador cadastrado na SEEMIPRO:
Acompanhar as peneiras abertas pelos principais clubes do Brasil e ser notificado para peneiras fechadas (convocação feita pelo clube).
Possibilidade de ser contatado por representantes de clubes e por agentes

Troca direta de mensagens com clubes, agentes e outros jogadores
Sistema de recomendações entre clubes e atletas
VANTAGENS PARA CLUBES
Informação até que tem, o complicado é ter informação confiável e acessível de forma prática. Essa é uma constatação a que se chega em 10 minutos de conversa com qualquer profissional envolvido na captação de jogadores na faixa etária entre os 13 e 20 anos.

E é um problema que atinge clubes de todos os portes. Mas como esse ‘Linkedin do futebol’ pretende facilitar a vida de clubes?

Acesso a perfis completos de jogadores com recomendações, vídeos e detalhes físicos e de habilidades

Criação de peneiras inteligentes com possibilidade de selecionar os atletas mais bem ranqueados na plataforma por geolocalização, posição em campo, idade e características físicas

Possibilidade de contato direto com responsável ou clube do atleta, para eventuais tratativas comerciais

Visão ampla do mercado da bola, visualizando também jogadores colocados à disposição do mercado por outros clubes e escolinhas

SOBRE O TIME
A startup SEEMIPRO surgiu em Florianópolis, entre as peladas de quarta-feira das quais participavam alguns de seus fundadores. Na configuração atual o time é formado por André Gomes (CEO), Gustavo Castello Branco (CMO), Letícia Pereira (COO) e Jagner Rafael (CTO).

Reunindo habilidades de gestão, um amplo background em marketing e uma mentalidade inovadora, o quarteto aposta que o projeto ganhe escala e chegue ao estágio de amadurecimento ainda em 2018.

- Apesar da resistência, o futebol está evoluindo muito com as novas tecnologias que estão surgindo neste mercado. Até então, muitas delas implementadas no âmbito da performance de atletas, sustentabilidade, estatísticas de jogo, e isso apenas reforça que estamos no momento certo para uma mudança disruptiva também na forma com que talentos e clubes de futebol se conectam e se comunicam no Brasil, e posteriormente, do mundo -, avalia André Gomes, CEO e co-founder da SEEMIPRO.

Mais informações: (48) 99843-7069 (telefone / whatsapp)


Imprimir
Enviar para um amigo
Assinar

Envie esta notícia para um amigo



Comente
esta notícia

Ao efetuar um comentário, o seu IP (Internet Protocol) será gravado e poderá ser utilizado para identificar o usuário que inseriu o mesmo.
Opiniões expressas aqui são de exclusiva responsabilidade do autor do comentário e não necessariamente estão de acordo com os parâmetros editoriais do Tudo Sobre Floripa.


Outros comentários

noresults

Caso o comentário acima for abusivo ou seu nome for utilizado indevidamente, denuncie.

Notícias por data:

a
Voltar